Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 16h14.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

MÚSICA

Notícia da edição impressa de 04/09/2017. Alterada em 01/09 às 20h59min

A volta dos Tribalistas

Trio formado por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte lançou novo álbum em agosto

Trio formado por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte lançou novo álbum em agosto


UNIVERSAL MUSIC/DIVULGAÇÃO/JC
Quinze anos após o disco de estreia, os Tribalistas estão de volta. Formado por Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte, o grupo retornou em agosto com álbum novo no mercado. As músicas inéditas - que, nas palavras dos artistas, são tão otimistas quanto às da década passada - estão disponíveis tanto nas plataformas digitais quanto nas lojas convencionais. Uma turnê, no entanto, não está nos planos, pelo menos para os próximos meses.
Apesar de denotar uma interrupção na discografia do trio, o tempo entre os dois projetos não significou o fim da parceria entre os compositores. Cerca de 20 canções foram escritas em conjunto pelos três músicos ao longo deste período - a diferença é que elas foram lançadas em trabalhos individuais. Novamente batizado de Tribalistas, o novo compacto em conjunto traz os ícones interpretando 10 faixas como se estivessem "na varanda de casa" - a descrição é de Marisa.
Conforme Arnaldo Antunes, a ideia que guiou a retomada não inclui ambições como a busca por um novo conceito musical ou motivos pretensiosos. Nada de reinventar a roda, o plano era apenas mostrar músicas novas para o público. O material selecionado conta com exemplos que os músicos acreditaram ganhar potência quando executados em trio.
Apesar de frisarem que há um "espírito de férias" no registro, os artistas não se dedicaram apenas a amenidades. As palavras entoadas por eles tocam em temas como a situação dos refugiados, tema central de Diáspora, por exemplo. "Acalmou a tormenta / Pereceram/ Os que a estes mares ontem se arriscaram/ E vivem os que por um amor tremeram", declama Arnaldo, citando o poeta Sousândrade (1832-1902) em meio a vocalizes dos colegas. Em outra faixa, Lutar e vencer, o trio versa sobre os estudantes que, em protestos, ocuparam escolas e salas de aula no fim do ano passado.
De acordo com Marisa, o trabalho reflete o mundo contemporâneo - mesmo que algumas escolhas sonoras não sejam tão diferentes do disco de 2002. Na época, ela e os dois amigos conquistaram o Brasil com o sucesso Já sei namorar - canção que serviu de carro-chefe para um álbum que vendeu 3 milhões de cópias.
Como a relação das pessoas com a música mudou bastante em 15 anos, os Tribalistas acharam soluções tecnológicas para dialogar com os fãs. As quatro primeiras faixas do DVD foram lançadas ao vivo em transmissão via Facebook e Spotify. As duas empresas também foram responsáveis por desenvolver o Hand album, ferramenta que deu projeção aos artistas até em portais dedicados à comunicação digital. A iniciativa permite que os ouvintes tenham acesso, através de smartphones, a vídeos e ao projeto gráfico do encarte do disco - simulando a experiência de ouvir um CD faixa a faixa e acompanhar as letras, créditos e artes.
No primeiro dia de funcionamento, a novidade contou com 15 milhões de acessos. No Spotify, as faixas Diáspora e Aliança já ultrapassaram a marca de um milhão de plays.
Se os números iniciais são promissores, as agendas particulares dos integrantes do grupo impedem os shows ao vivo. Carlinhos Brown, por exemplo, está envolvido com o programa de talentos The Voice. Arnaldo Antunes recém-lançou um DVD gravado em Lisboa. Marisa, por sua vez, tem se apresentado ao lado de Paulinho da Viola - em uma turnê que passa por Porto Alegre no dia 15 de setembro. O espetáculo ocorrerá no Auditório Araújo Vianna e tem ingressos com valores a partir de R$ 245,00.
Por enquanto, os fãs do trio podem ver os músicos apresentando as canções em um DVD gravado em estúdio. O material do registro integra o especial exibido na televisão pela Globo na quinta-feira passada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia