Cris Leal é responsável pelas concessionárias Peugeot no Rio Grande do Sul Cris Leal é responsável pelas concessionárias Peugeot no Rio Grande do Sul Foto: MARCELO G. RIBEIRO/MARCELO G. RIBEIRO/JC

Uma gestora no ramo automobilístico

Cris Leal, 34 anos, é responsável pelas concessionárias Peugeot no Rio Grande do Sul, que integram o Grupo Servopa. Ela também faz parte da diretoria do Sindicato Intermunicipal dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Rio Grande do Sul (Sincodiv-RS), onde é a única mulher. Nesta entrevista, Cris fala sobre os desafios de alcançar um cargo de liderança no mercado automobilístico.
GeraçãoE - Como foi chegar a esses cargos de diretoria num mercado tão masculino?
Cris Leal - Verdade, a maioria são homens. Eu comecei como vendedora de carros, em 1999, em uma concessionária do Vale do Sinos, e me destaquei como a melhor. Uns dois anos depois já assumi a gestão. Sempre tive isso no sangue. Desde muito nova, exercia a função por incentivo dos meus pais, que têm um comércio familiar. Um pouco de preconceito todas as mulheres passam, mas agora é muito tranquilo para mim. Não enfrento nenhum tipo de dificuldade - pelo menos que chegue nos meus ouvidos. Acredito que nunca dei bola para preconceito. Acredito, sim, em talentos. Independentemente do sexo, a gente tem que aproveitar as oportunidades e não se apegar aos detalhes, nas coisas ruins, que existem tanto para o sexo masculino quanto para o feminino.
GE - Tu incentivas a contratação de mulheres na equipe?
Cris - Tenho uma equipe de 50% homens e 50% mulheres. Sempre levo isso em consideração. Há muitos clientes que preferem um atendimento feminino, enquanto outros preferem o masculino. Vendedor homem tende a ser mais técnico e alguns clientes se identificam com isso. E a mulher tende a ser um pouco mais emocional, o que normalmente atrai outras mulheres. Com a média de 50%, a gente agrada todos os perfis.
GE - No teu caso, tu ainda és mãe. Como concilia?
Cris - O mais importante é ter pessoas em quem confiar. Tenho uma equipe técnica e uma equipe de gestores muito qualificada. A gente incentiva bastante, capacita eles para que eu consiga viver melhor, ter mais tranquilidade. Além disso, tenho uma equipe muito boa na minha casa, inclusive com babá.
GE - O que aprendeste sobre gestão neste tempo?
Cris - Acredito numa gestão não centralizada, participativa, aberta, estar sempre investindo em capacitação. A gente distribui as nossas metas diariamente, com motivação em cima delas. Esse é o segredo.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio