Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 19h19.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Em maior apreensão da história, PF encontra R$ 51 milhões em bunker atribuído a Geddel

Deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (5), a Operação Tesouro Perdido, desdobramento da Cui Bono, encontrou uma fortuna em um apartamento que seria utilizado como “bunker” pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB/BA). No total, foram recolhidos R$ 42.643.500 e US$ 2.688 milhões, totalizando mais de R$ 51 milhões, presentes em caixas e malas. De acordo com as autoridades, foi a maior apreensão da história do país de dinheiro em espécie. Nesta quarta-feira (6), o empresário Sílvio Antônio Cabral da Silveira confirmou à polícia que emprestou o apartamento a Geddel, sob alegação de que o ex-ministro pretendia guardar no local pertences do pai, morto no ano passado.
 

FOTO POLÍCIA FEDERAL/DIVULGAÇÃO/JC