Porto Alegre, quarta-feira, 17 de maio de 2017. Atualizado às 15h58.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Índios protestam na Câmara contra ameaça de extinção da Funai

Cerca de 50 indígenas das etnias Guarani Mbya, Guarani Nhandeva, Kaingang e Xokleng, da região Sul do Brasil, protestam pacificamente na manhã de  terça-feira (16) em frente a uma das entradas da Câmara dos Deputados contra o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funai e Incra 2.O grupo viajou para Brasília no último sábado (13) para acompanhar a reunião da CPI que foi retomada ontem (16) para discutir e votar o parecer do relator, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT). Em seu relatório, que tem mais de três mil páginas, o deputado recomenda o indiciamento de cerca de 90 pessoas, entre indígenas, antropólogos, servidores públicos e procuradores da República. Segundo uma das lideranças do povo Kaingang, o relatório apresentado inicialmente à CPI pelo deputado permite a extinção da Funai como uma estratégia para acabar com o processo de demarcação das terras indígenas comandado pela Fundação.
 

FOTO marcelo camargo/agência brasil/jc
17/05/2017 - 15h44min