Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 19 de agosto de 2016. Atualizado às 14h20.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Negócios corporativos

19/08/2016 - 14h20min. Alterada em 19/08 às 14h21min

Lírio Parisotto deixa sociedade com RBS em Santa Catarina

Participação da Parisotto na RBS Santa Catarina passará a ser comandada pelo Grupo NC

Participação da Parisotto na RBS Santa Catarina passará a ser comandada pelo Grupo NC


ANTONIO PAZ/JC
Lírio Parisotto, de 62 anos, não é mais sócio nas operações do Grupo RBS em Santa Catarina. O empresário gaúcho havia adquirido o comando das operações da empresa de comunicação em março, em parceria com o Grupo NC, de Carlos Sanchez, e outros investidores.
O anúncio consta em nota do Grupo RBS divulgada nesta quinta-feira (18) que comentava a aprovação da operação de aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Com a aprovação, o Grupo NC passa a ter o controle acionário dos jornais Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, A Notícia e Hora de SC, além do portal ClicRBS SC e da emissora TVCOM. O NC assume também a participação de Parisotto.
A mudança no controle das operações de rádio e TV ainda dependem de aprovação do Ministério das Comunicações.
Em julho, Parisotto ganhou destaque no noticiário ao ser acusado de agressão por sua ex-companheira, a modelo Luiza Brunet. O processo corre na Justiça de São Paulo. O empresário nega as acusações.
Confira abaixo a nota divulgada pela RBS:
Nota oficial
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, o acordo para a compra das operações que atuam sob a marca RBS em Santa Catarina, anunciado em março. O fechamento do negócio ocorreu no dia 16/08. Após a formalização, o Grupo NC passa a ter o controle acionário dos jornais Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, A Notícia e Hora de SC, além de ClicRBS SC e TVCOM, e assumirá também a parte da família Parisotto – que deixa a sociedade. A mudança societária ainda passará pela análise do Cade. A alteração de controle acionário das demais operações de televisão e rádio está em fase de aprovação do Ministério das Comunicações.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia