Porto Alegre, sexta-feira, 29 de maio de 2015. Atualizado às 00h34.
Hoje é Dia Mundial da Energia. Hoje é Dia do Estatístico. Hoje é Dia do Geógrafo.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
21°C
13°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,1620 3,1640 0,60%
Turismo/SP 3,0400 3,3700 0,29%
Paralelo/SP 3,0400 3,3600 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
125034
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Crédito 23/03/2012 - 14h55min

Análises feitas pela Central de Crédito crescerão 10%

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse nesta sexta-feira que o Sistema de Informações de Crédito (SCR) passará a analisar 10% mais valores com a central de crédito da autoridade monetária.

Na versão anterior eram analisados 134 milhões de informações, a partir de R$ 5 mil, o que representava um montante total de R$ 1,79 trilhão. Em sua nova fase, o SCR analisa operações de crédito a partir de R$ 1 mil, o que vai adicionar R$ 166 bilhões ao montante anterior. O universo de informações passará para 155 milhões.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Demanda do consumidor por crédito cai 1,2% em abril ante março
Em 12 meses, a procura registra baixa de 10,2%, o menor nível desde o início da série histórica, há cinco anos
Juros chegam ao recorde de 56,1% ao ano em abril, informa o BC
A inadimplência, considerados atrasos superiores a 90 dias, teve leve alta de 0,1%
Estoque de crédito cresce 0,1% em abril, para R$ 3,061 trilhões
No primeiro quadrimestre, houve alta de 1,4% e, em 12 meses até abril, de 10,5%
Aperto de crédito tende a diminuir vendas das incorporadoras

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto