Porto Alegre, segunda-feira, 24 de abril de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
22°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,1250 3,1270 1,01%
Turismo/SP 3,0900 3,2700 0%
Paralelo/SP 3,0900 3,2700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
162420
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
162420
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
162420
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Mercado Digital Patrícia Knebel
patricia.knebel@jornaldocomercio.com.br

Mercado Digital

Coluna publicada em 15/03/2012

R$ 50 milhões para Instituto de Semicondutores

SCTI/DIVULGAÇÃO/JC

Saiu melhor do que a encomenda o encontro entre o secretário da SCIT, Cleber Prodanov, e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marco Antonio Raupp, ontem, em Brasília. Na pauta, a implantação do Instituto de Semicondutores no Rio Grande do Sul. “Por mim e pelo ministério o projeto está aprovado”, disse Raupp a Prodanov. A iniciativa é liderada pela Unisinos, mas deverá envolver diversas universidades gaúchas, a Ceitec e empresas que atuam nesse setor. Só do MCTI deverão vir recursos na ordem de R$ 50 milhões. “É um projeto ambicioso e muito importante para a consolidação do Estado em uma posição de vanguarda nesse segmento”, comemora Prodanov. O Instituto de Semicondutores vai atuar nas áreas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), prestação de serviços tecnológicos para empresas, articulação entre design houses e formação de recursos humanos. Nos próximos dias o MCTI vai trabalhar para avaliar como se dará a implantação e como os recursos serão direcionados. No dia 13 de abril, Raupp deverá vir ao Estado para se encontrar com o governador Tarso Genro. Na ocasião, conhecerá as instalações da Unisinos.

Televendas I

Os especialistas em e-commerce são unânimes ao afirmar que, depois da avalanche de novos sites de compras coletivas criados no Brasil, só sobreviverão os que conseguirem um diferencial estratégico. E é nisso que aposta o ClickCupom com a criação de um serviço de televendas.

Televendas II

A meta através desse modelo alternativo de vendas é atingir os e-consumidores que têm receio de comprar os cupons pela internet. A expectativa do ClickCupom é ter um incremento de 20% da operação em 2012. O modelo de televendas está em fase final de testes.

Expansão

Com dez canais de vendas e distribuição de softwares espalhados pelo País, o grupo Cybersul Softwares de Gestão espera chegar a 40 até o final de 2012, ano em que comemora uma década de atuação no mercado. O grupo, do qual fazem parte também a Mídia Ponto e a Mumbai, tem a sua sede em Porto Alegre e escritórios em São Paulo e Florianópolis. A Cybersul cresceu quatro vezes as vendas nos últimos três anos e projeta um faturamento 35% superior em 2012. Hoje, em um evento na sua sede, a empresa lança o livro “100 histórias em 10 anos”.

Ocupação criativa

No final de abril começam a ser reformados dois prédios dentro do Tecnopuc que, quando concluídos, se tornarão espaços criativos para abrigar empresas. Em um deles está prevista a implantação de um modelo de coworking. Já no prédio onde ficava anteriormente a Incubadora Raiar, o objetivo é fazer uma ocupação que não esteja baseada estritamente no aluguel das salas. “A ideia é que as empresas passem a trabalhar por projetos e possam agregar parceiros ou operações virtuais”, comenta o diretor do Tecnopuc, Roberto Moschetta. Os prédios devem estar concluídos no final desse ano. Os sites de e-commerce cresceram, apareceram e, ao que parece, incorporaram os mesmos vícios das operações tradicionais.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto