Porto Alegre, sexta-feira, 21 de novembro de 2014. Atualizado às 21h12.
Hoje é Dia Mundial da Televisão. Hoje é Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
28°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,5200 2,5220 0,90%
Turismo/SP 2,4300 2,7300 0,72%
Paralelo/SP 2,4400 2,7400 0,72%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
125715
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Conexão Política Adão Oliveira
adaooliveira@hotmail.com

Conexão Política

Coluna publicada em 08/02/2012

Peças de reposição

Está faltando peça de reposição na oficina do Palácio do Planalto. Dona Dilma, toda vez que precisa retirar alguma delas por falta de funcionamento ou pela simples fadiga dos metais, ouve sugestões dos companheiros e faz adaptações que indicam o emperramento da máquina logo, logo. Foi o caso da substituição de Mário Negromonte (PP), ex-ministro das Cidades. Ela trocou seis por meia dúzia. Negromonte saiu porque se envolveu em falcatruas. O que assumiu, deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), já trouxe na bagagem um monte de rolo de todo o tamanho: ele é dono de emissoras de rádio registradas em nome de laranjas e sócio de empresas de construção civil. Não disse nada para a chefe, nem o serviço de informações da presidência da República informou La Rousseff do comprometimento ético do ministro ungido. Outro dia, mais uma complicação para dona Dilma. Ela substituiu a ministra das Mulheres, Irviny Lopes (PT) por sua ex-companheira na prisão, a socióloga, professora e pró-reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Eleonora Menicucci de Oliveira. Sem ainda tomar posse Eleonora Menicucci já adiantou que vai trabalhar pela aprovação do aborto. Ué, me tirem o tubo! Será que a futura ministra esqueceu que Dilma Rousseff, durante a campanha eleitoral que a levou ao Palácio do Planalto, disse para todo o Brasil que, como cidadã, era contra o aborto? E mais: provocada por um padre do interior de São Paulo, Dilma defendeu que o governo cumpra a lei e faça o procedimento em estabelecimentos de saúde públicos nos casos estabelecidos por lei - estupro e risco de morte para a mãe. Então, vamos combinar, falar em aborto agora é um mico deste tamanho. Dona Dilma poderia ficar fora dessa. Como se vê, as peças de reposição do governo federal não são da melhor qualidade.

QUEIMAÇÃO - Os novos ministros parecem sachê de Mate-Leão: Já vêm queimados!

No Alvorada

Para ficar perto da mãe, que se sentiu mal, a presidente Dilma Rousseff transferiu toda a sua agenda de trabalho desta terça-feira para o Palácio da Alvorada, sua residência. Idosa, a mãe da presidente, dona Dilma Jane, 88 anos, teria sofrido uma alta de pressão na segunda-feira, e tontura. Mas foi atendida pela equipe médica que fica permanentemente no Alvorada. Medicada, dona Dilma Jane permanece em casa descansando. Ela não precisou fazer exames adicionais nem ir ao hospital.

Lixo eletrônico

O vereador Toni Proença, do PPL, apresentou projeto de lei estabelecendo normas e procedimentos para o gerenciamento, destinação e reciclagem do lixo eletrônico de Porto Alegre. O projeto estabelece uma política de reciclagem pós-consumo dos equipamentos eletro-eletrônicos descartados e sensibiliza empresas e população sobre a importância da logística reversa e da participação de ambos para minimizar o impacto ambiental dos resíduos eletrônicos. Toni vai discutir o assunto com secretários municipais no dia 19 de fevereiro.

COMENTÁRIOS
Paulo - 08/02/2012 - 01h05
A nova ministra Eleonora também declarou que participou da luta armada e pertencia a fações comunistas. ´E difícil acreditar que os comunistas tenham lutado para estabelecer um regime democrático no Brasil. Essa é mais uma afirmação que demonstra certas mentiras ou meias-verdades sobre o passado de Dilma. Ou seja, essas duas queriam implantar um regime comunista, como não conseguiram na época, se contentaram em assumir o poder num regime democrático-tupiniquim. Eu sei, as pessoas mudam, os tempos são outros, fantasmas do passado são inúteis, etc. etc. etc. Mas então poderiam falar a verdade sobre seu passado, não é? Mentiram por vergonha ou omitiram por esperteza?


Apollo Kronus -
08/02/2012 - 11h44
PPL? Que troço é esse? Fidelidade nenhuma desse tal de Toni Proença, pois foi eleito pelo PPS e se bandeou para outra legenda. E o Danrlei, campeão de votos pelo PTB? Agora foi para esse Frankenstein chamado PSD, uma coisa criada pelo Kassab, prefeito de SP. A Justiça Eleitoral nada faz para terminar com essa farra de troca-troca de partido...


APOLLO KRONUS -
08/02/2012 - 12h14
Infelizmente, Dilma não vai conseguir terminar com a pobreza nesse nem em outro mandato. Já demitiu um monte de corruptos nesse ano e pouco de governo mas parece que ainda há muitos para serem expurgados.É UMA PENA QUE CORRUPTO, LADRÃO DE COLARINHO BRANCO E POLÍTICOS SAFADOS NÃO VÃO PARA A CADEIA NESSE PAÍS. Faltaria celas para todos os safados...

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Perda de um amigo e jornalista exemplar PTB versus PSB
O governador Tarso Genro (PT) teve baixas ao longo do seu governo. Dois partidos que integraram sua base aliada deixaram de apoiá-lo: PSB e PDT
O recado do “guardião”
Após longo impasse, comissões aprovaram relatório do senador Luiz Henrique sobre o projeto de lei que estabelece novo indexador para as dívidas dos estados com a União
Cristãos novos do PDT
Depois de 20 anos, o PDT volta a ter reais chances de vencer uma disputa majoritária estadual

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto