Porto Alegre, sábado, 18 de novembro de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
25°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,2620 3,2640 0,48%
Turismo/SP 3,1800 3,3900 0%
Paralelo/SP 3,1900 3,4000 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
262742
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
262742
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
262742
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Turquia Notícia da edição impressa de 26/10/2011

Bebê é salvo após ficar dois dias soterrado

Já chegou a 459 o número de mortos no terremoto de domingo; pelo menos 1,3 mil pessoas ficaram feridas
ADEM ALTAN/AFP/JC
Resgate da pequena Azra Karaduman, de apenas duas semanas, emocionou a equipe de salvamento
Resgate da pequena Azra Karaduman, de apenas duas semanas, emocionou a equipe de salvamento

O número de mortos pelo terremoto ocorrido domingo passado na Turquia subiu para 459 ontem, enquanto sobreviventes, temendo mais tremores, lutavam para conseguir abrigos em tendas para suas famílias. Uma menina de apenas duas semanas, a mãe e a avó dela foram resgatadas após passarem 48 horas debaixo dos escombros de um prédio em Ercis, no devastador abalo de 7,2 graus que destruiu cerca de dois mil edifícios no Leste turco.

Imagens de televisão mostraram os integrantes da equipe de resgate batendo palmas quando a criança, chamada Azra Karaduman, foi retirada dos escombros. Um socorrista embalou o corpo do bebê, que estava envolto num cobertor, e entregou ao médico. A mãe, Semiha, estava viva e semiconsciente, presa perto de um sofá, em meio aos escombros do edifício. Azra foi transportada de avião para um hospital em Ancara.

 A mãe, a filha e a avó estavam juntas quando foram encontradas, disse o socorrista Kadir Direk. As duas mulheres foram retiradas algumas horas mais tarde. Direk explicou que funcionava uma padaria no andar térreo do prédio, o que pode ter ajudado a manter as três aquecidas.
Equipes de resgate nas duas cidades mais atingidas, Ercis e Van, correram para retirar as pessoas presas em meio a montanhas de concreto, metal retorcido e escombros. As autoridades alertaram aos sobreviventes para que não entrem em prédios danificados e milhares passaram a segunda noite no interior de carros ou em barracas a uma temperatura perto de zero. Cerca de 1,3 mil pessoas ficaram feridas por causa do tremor.

O governo do primeiro-ministro Tayyip Erdogan recebeu ofertas de auxílio de dezenas de países, inclusive do ex-aliado Israel, mas até agora aceitou ajuda apenas da Bulgária, do Azerbaijão e do Irã.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Explosão em centro cultural no sul da Turquia deixa 28 mortos e 100 feridos
Embora nenhum grupo tenha reivindicado a autoria da explosão, o Ministério do Interior classificou o incidente como um "atentado terrorista"
Explosões em sedes de partido curdo deixam 6 feridos na Turquia
A sigla supera a barreira de 10%, podendo impedir que o partido governista obtenha maioria suficiente no Parlamento para poder mudar a Constituição
Atos de 1º de maio na Turquia acabam em confronto com mais de cem presos
Segundo os agentes, pelo menos 136 pessoas foram presas
Autoridades detêm 25 por acidente em mina na Turquia
As autoridades turcas disseram que 25 pessoas foram detidas por causa do acidente de uma mina que matou 301 pessoas há seis dias

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto