Porto Alegre, quarta-feira, 23 de julho de 2014. Atualizado às 17h04.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
8°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2200 2,2220 0,45%
Turismo/SP 2,1200 2,3700 1,28%
Paralelo/SP 2,1300 2,3600 0,42%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
102810
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Giro Rápido Vinicius Ferlauto
automotor@jornaldocomercio.com.br

Giro Rápido

Coluna publicada em 21/10/2011

Sistema unificado

Ford, Audi, BMW, Daimler, General Motors, Porsche e Volkswagen decidiram somar esforços e criar um padrão internacional para o carregamento rápido de veículos elétricos. A iniciativa é voltada tanto à Europa quanto aos Estados Unidos. O sistema combinado proposto prevê a instalação de uma tomada no veículo capaz de se conectar com todos os ambientes de carregamento e também utiliza os mesmos meios de comunicação com a estação de carga. Isso permitirá que os veículos elétricos dessas marcas compartilhem as mesmas estações de carga rápida. Os sete fabricantes acreditam que o desenvolvimento de um sistema de carga comum é benéfico para os consumidores, para a indústria e para os fornecedores de infraestrutura de carga. A padronização vai reduzir a complexidade de produção dos fabricantes, acelerar a instalação de sistemas comuns internacionalmente e melhorar a experiência dos motoristas no uso dos veículos elétricos.

Primeiras revendas

A marca italiana de motocicletas MV Agusta nomeou suas primeiras lojas autorizadas no Brasil. Seguindo um cronograma de início de operações que vai de novembro próximo a março de 2012, as concessionárias atuarão nas cidades de Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Ribeirão Preto (SP) e São Paulo (SP). A partir do primeiro trimestre do próximo ano, outras três cidades receberão revendas MV AGUSTA: Belo Horizonte (MG), Campinas (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Nova operação

A Iveco inaugurou uma nova concessionária no Rio Grande do Sul. A representação pertence ao Grupo Bivel e está instalada na cidade de Nova Araçá, localizada há 90 quilômetros de Passo Fundo. Os investimentos no negócio foram de R$ 1,4 milhão.

Carteira expressiva

O Banco Mercedes-Benz fechou setembro com expressivo crescimento em sua carteira. Os R$ 8,02 bilhões representam alta de 21% em relação ao mesmo mês do ano passado (R$ 6,63 bilhões). Desse total, o Finame representa 79,2%; o CDC, 13%; o Leasing, 5%; o Floorplan, 2,3%; e o CDC Serviços, Capital de Giro e Empréstimo Pessoal, 0,5%. Esse desempenho deve ajudar a instituição financeira a superar a meta de R$ 8,3 bilhões em carteira para o final de 2011.

Ocorrências em alta

O número de roubos e furtos envolvendo carros, motos, caminhões e utilitários cresceu 3,04% nos últimos três meses, comparado com o trimestre anterior, segundo dados da Tracker do Brasil, empresa de rastreamento e monitoramento de veículos. A alta foi impulsionada pelas ocorrências envolvendo caminhões. Entre julho e setembro, a empresa registrou 95 chamados nessa categoria - no segundo trimestre foram 68 -, crescimento de 39,7%. No mesmo período, houve ligeira alta nos eventos com automóveis e motos (0,38%) e queda nos utilitários (-3,64%). Já no comparativo com o ano passado, o número de roubos e furtos foi menor. No terceiro trimestre de 2011, a Tracker recebeu 780 chamados no total, contra 896 em igual período de 2010, menos 12,95%.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto