Porto Alegre, sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015. Atualizado às 23h01.
Hoje é Dia Nacional do Livro Didático. Hoje é Dia do Agente Fiscal da Receita Federal.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
29°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,8840 2,8860 0,59%
Turismo/SP 2,7300 3,0600 0,32%
Paralelo/SP 2,7400 3,0700 0,32%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
624273
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Giro Rápido Vinicius Ferlauto
automotor@jornaldocomercio.com.br

Giro Rápido

Coluna publicada em 19/08/2011

Fase preliminar concluída

A Fiat concluiu os estudos para instalação de sua unidade industrial no estado de Pernambuco, a segunda da empresa no Brasil, que será o centro de um polo automotivo altamente integrado. A fábrica poderá produzir entre 200 mil e 250 mil unidades por ano, com investimentos entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 bilhões. O número de empregos diretos deve superar os 3,5 mil postos inicialmente projetados. O acionamento da linha de produção está previsto para o início de 2014. Com 14 milhões de metros quadrados em área contínua, o terreno está localizado no município de Goiana, na Zona da Mata norte de Pernambuco. A Fiat também manterá um centro logístico em Suape, que continuará a ter importância estratégica para o projeto.

Boa receptividade

As novidades do Ford Cargo 2012 foram bem recebidas pelo mercado. A concessionária Montreal, de Eldorado do Sul, registrou, entre junho e julho, incremento de 50% nas vendas do caminhão em relação a 2010.

Cargo em entidade

Luiz Carlos Paraguassu é o novo vice-presidente da Ancive – Associação Nacional dos Concessionários Iveco. Ele é o superintendente do Grupo Bivel, que representa a marca no Rio Grande do Sul.

Em Canoas

O Grupo Iesa inaugurou, quinta-feira, as novas instalações de sua concessionária Nissan em Canoas.

Inspeção na troca

Proprietários de veículos Ford que agendarem um horário no Feirão da Revisão Copagra para troca de óleo e filtro ganharão uma inspeção de 64 itens. A promoção vale para veículos fabricados entre 2001 e 2008 e ocorre neste sábado, das 8h às 18h, na Copagra da Ramiro Barcelos.

Ciclo de investimentos

Para dar continuidade ao programa de crescimento de suas operações em todo o mundo, com ênfase no Brasil e no continente americano, a Marcopolo inicia um novo ciclo de investimentos. A empresa vai aplicar em torno de R$ 350 milhões, até 2016, para o lançamento de novos produtos, elevação dos padrões de competitividade em todas as suas fábricas e no desenvolvimento de tecnologia e inovação.

Insatisfação indisfarçável

A General Motors do Brasil organizou, na quarta-feira, um almoço para apresentar sua nova presidente: a norte-americana Grace Lieblein. Ela veio acompanhada de Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da montadora. A dupla reafirmou que a fábrica gaúcha de Gravataí, ao final da atual expansão, será a maior da GM na América Latina. E, ao comentar o momento atual do mercado brasileiro, não conseguiu disfarçar a insatisfação com a situação de concorrência frente aos veículos importados, em especial os chineses. A alegação é de que a competição, no momento, é desigual, em função das diferenças estruturais, cambiais e tributárias entre os dois países. Os executivos da GM Brasil esperam que o cenário macroeconômico de real valorizado e juros altos não perdure, para o bem da indústria nacional.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Plano de internacionalização
A Suspensys, que fabrica suspensões para caminhões, ônibus e semirreboques no Brasil, buscou, em 2014, novos mercados para exportação
Ano movimentado para a Chery
A Chery Brasil começou a produção local em série, na sua fábrica de Jacareí (SP), das versões hatch e sedã do Celer, o primeiro carro nacional da montadora de origem chinesa
Caminhos opostos
Depois da Ford, que tem fábrica de automóveis no Nordeste, anunciar nessa semana um centro de distribuição no Rio Grande do Sul, a Toyota fará o caminho oposto
Ampliação de capacidade
Lançado em setembro de 2012, o compacto Etios se tornou o carro mais vendido pela Toyota no Brasil

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto