Porto Alegre, terça-feira, 02 de setembro de 2014. Atualizado às 22h53.
Hoje é Dia do Repórter Fotográfico.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
17°C
23°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2380 2,2400 0,22%
Turismo/SP 2,1300 2,4100 1,26%
Paralelo/SP 2,1400 2,4200 1,25%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
907723
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Mercado Digital Patrícia Knebel
patricia.knebel@jornaldocomercio.com.br

Mercado Digital

Coluna publicada em 21/07/2011

As mulheres e a criação digital

Até dois meses atrás, ela exercia o cargo de vice-presidente de criação na agência McCann Erickson, em Nova Iorque. Mas a brasileira Alessandra Lariu, 38 anos, resolveu mudar e se dedicar exclusivamente ao SheSays (shesaysus.com), site da qual é cofundadora e que se propõe a ajudar as mulheres a se destacarem na carreira de criação digital. Há cinco anos no ar, a iniciativa reúne mais de 3 mil representantes femininas das áreas de marketing e publicidade. Um dos frutos desse trabalho é o Shout (www.everybodyshout.com), plataforma lançada há uma semana e que reúne profissionais da área de publicidade que pertencem ao SheSays. A ideia é que elas possam trabalhar juntas. Uma empresa de cosméticos que deseja lançar um novo shampoo pode disponibilizar as suas demandas no everybodyshout.com, interagir com as profissionais e contar com a riqueza do conteúdo gerado por esse intercâmbio. De uma forma geral, os setores de tecnologia, internet e criação digital carecem de representantes femininas de peso. O SheSays tem núcleos em dez cidades do mundo e uma das metas das fundadoras é que essa iniciativa também se torne uma realidade no Brasil. Alguém se habilita?

Fiscalização I

Você já teve o seu celular fiscalizado por algum técnico da Anatel? Pois a agência reguladora arrecadou R$ 3 bilhões em 2010 com o Fundo de Fiscalização dos Serviços de Telecomunicações (Fistel) para monitorar as estações rádio-base das operadoras e, pasmem, a qualidade, potência e outros quesitos dos aparelhos móveis. Apenas R$ 320 milhões foram usados para esse fim.

Fiscalização II

Alegando que os celulares não são fiscalizados, a Telebrasil quer que pelo menos os modelos pré-pagos deixem de ser taxados. Para o presidente da entidade, Eduardo Levy Cardoso Moreira, isso ajudaria a baratear o custo para os consumidores. Atualmente, para engordar o Fistel, é cobrada uma taxa de R$ 26,83 na habilitação e R$ 13,42 anualmente sobre cada aparelho em funcionamento.

Copa do Mundo e e-commerce

As 12 cidades-sede da Copa do Mundo 2014 vão receber o ECOM 2011 - 1º Seminário Nacional de Comércio Eletrônico, Novos Meios de Pagamento e Negócios na Web. O objetivo é preparar os empresários para as oportunidades que surgem a partir do e-commerce, especialmente nas compras feitas via smartphones, tablets e TV. O ECOM é realizado pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas e tem apoio da GS1 Brasil - Associação Brasileira de Automação e Sebrae, além de empresas e outras entidades. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.e-comercio2011.com.br.

Bairrismo na web

De 15 mil a 18 mil é o número de acessos que o site O Bairrista (www.obairrista.com) vem registrando diariamente, segundo o seu criador, Júnior Maica. Formado em Ciências Contábeis, o jovem tem divertido os internautas com as suas frases de efeito e notícias fictícias, todas abordando o bairrismo gaúcho. O projeto iniciou no Twitter (O_Bairrista), onde já são mais de 36 mil seguidores. “Sou um cara que cultiva as tradições, mas nada de forma extrema”, diz, afirmando que não é bairrista.

Inovação aberta

Em cerca de 40 dias deve estar finalizado o software de apoio à inovação aberta capitaneado pela Valetec. O projeto conta com a participação dos gestores de P&D das 61 empresas associadas. O diretor executivo da Valetec, Maurício Andrade, comenta que o objetivo é que essa plataforma funcione como um grande buscador de informações sobre oportunidades de tecnologia e inovação para as empresas.


COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Home office em gestação no Brasil
Apesar de ser uma prática, home office ainda esbarra em questões culturais e de legislação por aqui
Recursos para inovação
Foi dada a largada para a criação de produtos inovadores que possam incentivar o crescimento da economia gaúcha em segmentos estratégicos
Hotsite no Instagram Pagamentos móveis e o 3G
As empresas que vendem sistemas e softwares que dependem da internet para funcionar geralmente evitam se posicionar sobre o tema

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto