Porto Alegre, quarta-feira, 04 de março de 2015. Atualizado às 00h06.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
32°C
24°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,9260 2,9280 1,13%
Turismo/SP 2,7200 3,0800 0,32%
Paralelo/SP 2,7300 3,1000 0,32%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
555929
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Giro Rápido Vinicius Ferlauto
automotor@jornaldocomercio.com.br

Giro Rápido

Coluna publicada em 24/06/2011

Substituição fabril

O grupo BorgWarner anunciou que investirá R$ 70 milhões na construção de uma nova fábrica em Itatiba (SP). A unidade, que inclui um Centro de Engenharia, substituirá a atual, que fica em Campinas. A empresa produz componentes e sistemas para motores de veículos leves, comerciais e fora de estrada.    A planta de Itatiba tem inauguração prevista para dezembro de 2012. Hoje os principais clientes da BorgWagner são a Cummins, a Mercedes-Benz, a Iveco, a Ford, a MWM-International, a Valtra e a MAN. A empresa também exporta para os Estados Unidos, França, Índia, Argentina e México.

Primeira quinzena positiva
Segundo dados da Fenabrave, os emplacamentos do setor automotivo (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros veículos) cresceram 1,28% comparando os primeiros 11 dias úteis de junho com o mesmo período do mês anterior, saltando de 240.379 unidades para 243.464. Na comparação com junho de 2010, a alta foi de 14,96%. O segmento de automóveis e comerciais leves registrou aumento de 1,36%. Foram comercializadas 141.778 unidades nos primeiros dias úteis de junho, ante 139.869 veículos no mesmo período de maio. Na comparação com a primeira metade de junho de 2010, o segmento registrou expansão de 15,88%.

Recorde histórico

A Mercedes-Benz do Brasil registrou a expressiva venda de 1.785 chassis de ônibus em maio no mercado nacional. Com isso, bateu novo recorde, alcançando o maior resultado mensal de venda de ônibus de sua história, desde que iniciou a fabricação desses produtos no País, há 54 anos. No total acumulado entre janeiro e maio de 2011, o volume chega a 7.038 unidades.

Segundo melhor resultado

A Copagra fechou o mês de maio com uma evolução de 9% nas vendas de carros novos. Foi o segundo melhor resultado entre as concessionárias Ford de Porto Alegre e Região Metropolitana.

Competição premium

A Mercedes-Benz Grand Challenge estreia no Rio Grande do Sul neste final de semana, correndo no autódromo de Santa Cruz do Sul. Os pilotos gaúchos Márcio e João Campos, filho e pai, da equipe Sicredi, participam da prova. A concessionária Savarauto dará suporte à área vip do evento.

Duster na Índia

A Renault informou que irá montar o Duster também na Índia a partir do próximo ano. O utilitário-esportivo da família Logan será feito na fábrica de Chennai e a montadora francesa acredita em grandes volumes de vendas. O modelo deverá usar motor 1.5 dCi de 110 cv de potência. Aqui no Brasil, o Duster será lançado no final deste ano.

Salto chinês

A CN Auto, importadora oficial dos veículos utilitários chineses Towner e Topic, inaugura neste mês mais três concessionárias no País, totalizando 57 distribuídas por todo o território nacional. A empresa também comemora o fechamento das vendas no acumulado de janeiro a maio deste ano. O total representa um crescimento de 220% em relação ao mesmo período do ano passado. Mês passado, a CN Auto comercializou 1.026 unidades, totalizando 4.198 veículos vendidos no acumulado. No mesmo período do ano passado, a importadora faturou 1.335 unidades.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Plano de internacionalização
A Suspensys, que fabrica suspensões para caminhões, ônibus e semirreboques no Brasil, buscou, em 2014, novos mercados para exportação
Ano movimentado para a Chery
A Chery Brasil começou a produção local em série, na sua fábrica de Jacareí (SP), das versões hatch e sedã do Celer, o primeiro carro nacional da montadora de origem chinesa
Caminhos opostos
Depois da Ford, que tem fábrica de automóveis no Nordeste, anunciar nessa semana um centro de distribuição no Rio Grande do Sul, a Toyota fará o caminho oposto
Ampliação de capacidade
Lançado em setembro de 2012, o compacto Etios se tornou o carro mais vendido pela Toyota no Brasil

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto