Porto Alegre, sexta-feira, 28 de novembro de 2014. Atualizado às 14h36.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
32°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,5750 2,5770 1,89%
Turismo/SP 2,3900 2,6600 0%
Paralelo/SP 2,4200 2,7200 1,87%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
159037
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Turismo Notícia da edição impressa de 18/04/2011

Cidades brasileiras disputam atenção dos estrangeiros

Embratur acredita que o interesse deve ter maior impulso com a Copa e espera uma alta de 7% no volume de público em 2011

Leandro Brixius, do Rio de Janeiro

O Brasil recebeu pouco mais de 5 milhões de estrangeiros ao longo do ano passado, uma alta de 7,5%, volume que em 2011 deve seguir crescendo num ritmo próximo, entre 6% e 7%, estimou o presidente da Embratur, Mário Moysés, na sexta-feira, ao abrir a feira de turismo receptivo do Brazil International Tourism Exchange (Brite), no Rio de Janeiro, que se encerrou ontem. A expectativa, porém, é que esse crescimento ganhe impulso mais forte a partir de 2012, com a proximidade da Copa do Mundo de 2014 no País e a ação mais intensa do órgão oficial na conquista de novos visitantes para as cidades brasileiras. Para abocanhar parte desse crescimento, os mais variados destinos no País se mobilizam e buscam inovar.

O crescimento já aparece no maior interesse das companhias aéreas pelo Brasil - como vai ocorrer com Porto Alegre em junho, com a estreia do voo direto para Lisboa pela TAP e também das operações da Copa, voando para Cidade do Panamá e de lá para vários destinos na América Central e Estados Unidos. Outras empresas também vão aumentar sua frequência de rotas para São Paulo e Rio de Janeiro. O único porém, segundo Moysés, é o dólar baixo, que torna visitar o Brasil mais caro para os estrangeiros. Até mesmo o turismo doméstico aquecido eleva os preços, o que se reflete também para quem vem de outro país.

Para vencer essas dificuldades e trazer ainda mais “gringos” ao Brasil, a Embratur lança mão de uma série de estratégias. No final de semana, por exemplo, expectadores de 250 salas de cinema em mais de uma dezena de países assistiram a um vídeo da campanha Brazil is calling you, lançado no encerramento da Copa do Mundo da África do Sul. Além disso, o órgão está reforçando a presença em feiras e atuando diretamente com os mercados locais por meio de dez escritórios no exterior.

Principal porta de entrada de turistas estrangeiros no Brasil - absorvendo cerca de 35% das chegadas -, o Rio de Janeiro quer ganhar ainda mais com a visibilidade brasileira no exterior em função da Copa e, principalmente, das Olimpíadas. Para isso, a cidade e o estado estão investindo em obras de revitalização e capacitação de mão de obra. Até 2014, a intenção é formar 200 mil pessoas para trabalhar nas mais diversas profissões ligadas ao turismo, projeta o subsecretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Audir Santana.

A área portuária é uma grande aposta. Os armazéns do Pier Mauá já estão recuperados - inclusive sediaram a feira da Brite -, mas o projeto Cais Maravilha prevê investimentos em todo o entorno, como novas construções e atrações gastronômicas, projeto semelhante ao idealizado para a revitalização do Cais Mauá, em Porto Alegre.

Rio Grande do Sul apresenta seus ‘Caminhos Temperados’

A Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro serão grandes indutores do turismo no Brasil, não resta dúvida. Mas o desejo da Embratur é fazer com que esse grande fluxo seja mais duradouro e distribua bons negócios para todo o País, não só para as cidades-sede das partidas do Mundial. O Rio Grande do Sul está mobilizado e foi ao Rio de Janeiro mostrar ao trade internacional seus roteiros, assim como divulgar as atrações turísticas, já que a feira também era aberta à visitação do público.

A partir dos três destinos indutores no Estado identificados pelo Ministério do Turismo - Porto Alegre, Bento Gonçalves e Gramado -, batizados de Caminhos Temperados, órgãos públicos ligados ao turismo, operadores e hotéis apresentaram seus produtos. A ideia é valorizar e agregar as demais cidades gaúchas já inseridas nas diversas rotas.

O modelo de organização e promoção do turismo gaúcho foi citado, inclusive, como referência para outros estados pelo diretor de produto e destinos da Embratur, Marco Antônio Lomando. Segundo ele, formatar seus produtos à demanda, através das rotas, foi um grande acerto do Estado e é uma lição que deve ser aprendida por qualquer cidade interessada em se beneficiar do turismo, atividade que envolve 50 setores da economia, desde os hotéis até barraqueiros de praia.

No entanto, esse é o último degrau a ser atingido. Antes disso, é preciso organizar a infraestrutura da comunidade, ou “arrumar a casa”, como citou Lomando, para depois definir como receber as “visitas”. Além disso, é preciso realizar um inventário das atrações naturais e das condições de acessibilidade, para depois começar a pensar em formatar um produto e vendê-lo.

País recebe mais de 5 milhões de visitantes de outras nações

O Brasil foi o destino de 5,16 milhões de turistas estrangeiros em 2010 – um aumento de 7,8% em relação a 2009, quando 4,8 milhões de estrangeiros vieram ao País. O número representa 360 mil visitantes a mais nos destinos turísticos brasileiros no ano passado. Mais de um quarto dos visitantes, em torno de 27%, são turistas de negócios.

Países da América do Sul foram os que mais contribuíram para esse resultado. Entre eles, a Argentina, principal emissor internacional, aumentou sua participação de 1,2 milhão de turistas, em 2009, para 1,4 milhão, em 2010. Uruguai e Chile passaram a ocupar a 4ª e 6ª posições no ranking de países emissores, respectivamente. Em 2009, eram o 6º e o 11º. O Paraguai aumentou, entre 2009 e 2010, 7,7% - passou de cerca de 180 mil para mais de 194 mil visitantes.

Os turistas norte-americanos também estão visitando mais o Brasil. Em 2010, houve aumento de 6,25%, subindo de 604 mil, em 2009, para 641,3 mil no ano passado.

Porto Alegre ganha o segundo Ponto de Informação e Orientação Turística

A Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR) e a Aerolineas Argentinas inauguram hoje o segundo Ponto de Orientação e Informação Turística da Capital (Point). Instalado em espaço diferenciado no térreo da loja da Aerolineas, situada na av. Salgado Filho, o Point terá identidade visual padronizada pelo órgão municipal de Turismo e o atendimento será feito por funcionários da empresa, fluentes em inglês e espanhol, que receberão da secretaria folheteria, mapas turísticos, informações atualizadas por meio de boletins eletrônicos e oficinas de qualificação.

Ao firmar a parceria, a secretaria considerou a localização da sede da Aerolineas, no Centro Histórico da cidade, estratégica para ampliar a oferta de informações turísticas sobre o destino Porto Alegre, seus atrativos e serviços, facilitar o acesso de turistas a informações sobre mobilidade urbana e para sua orientação na cidade e, ainda, estimular o visitante a conhecer mais e melhor os atrativos da Capital gaúcha e permanecer mais tempo na cidade.

Atualmente, funcionam na cidade cinco Centros de Informação Turística (CITs) operados diretamente pelo órgão oficial de Turismo, e um Point no bairro Moinhos de Vento, em parceria com a Vinum Enoteca. 

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Após uma experiência positiva na Serra gaúcha, Mariana e o marido planejam nova viagem acompanhados
Política pet friendly fideliza hóspedes no País
Festival contou com 400 expositores que divulgaram seus produtos e serviços entre quinta e ontem
México quer atrair mais turistas brasileiros
Brasileiro gastou US$ 2,4 bilhões no exterior no mês passado
Apesar da alta do dólar, brasileiro bate recorde com gastos no exterior
Cresce o número de pessoas que buscam voos de forma on-line
Presença de agências na internet avança no mercado

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto