Porto Alegre, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
34°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,3360 3,3380 0,63%
Turismo/SP 3,2300 3,4800 0%
Paralelo/SP 3,2300 3,4800 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
264204
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
264204
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
264204
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Fronteira Notícia da edição impressa de 29/04/2010

Caron diz que nova ponte Brasil-Argentina fortalece integração

Nova ponte será erguida na divisa com a Argentina

Maurício Macedo

Ana Paula Aprato/JC
Hideraldo Caron projeta que obra estará concluída até 2012.
Hideraldo Caron projeta que obra estará concluída até 2012.

Fruto de um acordo entre o presidente Lula e a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, uma nova ponte internacional será construída na fronteira do Rio Grande do Sul com o território argentino. A obra está sendo tocada por uma comissão binacional - no Brasil, a responsabilidade é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O objetivo é ampliar o número de rotas para o tráfego terrestre com o país vizinho. O diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit, Hideraldo Caron, destaca que a construção vai fortalecer o comércio e também o fluxo de turistas, além de ser de extrema importância para a integração brasileira com a Argentina. "Hoje temos ponte em Uruguaiana e em São Borja. Mas temos uma extensa área de fronteira que não tem ligações deste tipo. A construção é fundamental para o desenvolvimento regional e deve beneficiar ainda o transporte de produtos que são exportados a partir de outros estados", comenta.

A preocupação do Dnit ganha relevância principalmente após o registro de casos como o ocorrido no início desta semana, na região Noroeste do Estado. Em Porto Mauá, município que faz fronteira com Alba Posse, na Argentina, o sistema de balsa que liga as duas cidades teve de ser suspenso por causa da elevação do nível do rio Uruguai. A água chegou a invadir a principal rua do município, a Aduana e estabelecimento comerciais.

Porto Mauá é um dos três municípios que pode receber o investimento binacional. Segundo Caron, são três as opções de local para a construção. As outras duas são Itaqui e Porto Xavier, na divisa com Alvear e San Javier, respectivamente. "A localização exata será definida através um estudo de viabilidade. A licitação já está em andamento, e a empresa vencedora deve definir, de forma técnica, qual o melhor ponto para a obra", explica o diretor.

Só neste estudo, o investimento é de R$ 875,5 mil. A previsão do Dnit é de que a fase preliminar esteja concluída ainda em 2010. "Depois disso, vamos lançar um novo edital para a elaboração do projeto físico da ponte, o que deve ser realizado no ano que vem", afirma Caron. A meta do governo federal é de que, se tudo transcorrer bem, a nova ponte seja liberada até o início de 2012.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto