Porto Alegre, sexta-feira, 22 de agosto de 2014. Atualizado às 12h32.
Hoje é Dia do Folclore.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
29°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2790 2,2810 0,57%
Turismo/SP 2,0900 2,4200 0,41%
Paralelo/SP 2,0900 2,4200 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  |  ATENDIMENTO ONLINE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
710079
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
De Olho na tevê Carlos Pires de Miranda
carlos@piresdemiranda.com.br

De Olho na tevê

Coluna publicada em 10/03/2010

Pato nas alturas

Abbondanzieri fez uma boa defesa domingo, foi firme em outras bolas, mas sua estreia será mesmo amanhã. Na altitude de Quito – e quem jogou no gol sabe como a bola é mais rápida e traiçoeira nessas circunstâncias –, com um time motivado pela frente, imagina-se que a exigência será maior e finalmente poderemos avaliar o atual potencial do experiente goleiro. O time, este terá a chance de mostrar que é injusto o pessimismo de parte da torcida em relação à Libertadores. Continuo achando que os candidatos ao título estão mesmo no Brasil.

Déjà vu

É sempre o mesmo cardápio: vira, mexe e a caçarola chega à mesa com Grêmio ou Inter – quando não chegam os dois – mais algum coadjuvante, destinado a ser heroico no jogo decisivo, quase complicar a vida do grande adversário e finalmente entregar-se, coberto de glória por ter perdido de pouco. Mal começa o segundo turno e tudo já se encaminha para o menu habitual: confirmaram-se as goleadas aqui previstas quarta-feira, contra os times de Santa Cruz. Sábado e domingo os mistos de Inter e Grêmio venceram. Agora, toda a emoção se resume a esperar que São José e Novo Hamburgo se aguentem mais um pouco na liderança.

Dependente

O Inter acordou a tempo de resgatar Walter de seu refúgio e ajudá-lo como devia, com tolerância e adequada punição. Bem mais grave é o caso de Adriano, dependente do álcool, do convívio com a miserável comunidade onde viveu e do envolvimento com os traficantes locais. Além de ajuda especializada, ele precisa de menos hipocrisia. Vendia-se a história do menino pobre que perdeu o pai, sentia saudade da favela, reagia fazendo gols e era premiado com convocações à seleção. Agora temos um marmanjo beberrão, que sai no tapa com sua noiva e suplica a traficantes para, se necessário, amarrá-la a uma árvore enquanto ele dançava funk.

Empolgante

Este ano está mais difícil surgir alguma surpresa como foi a Brawn- GP em 2009. Felipe Massa na Ferrari aparece bem mais forte do que Rubinho na Williams e será o principal foco de nossa torcida na Fórmula 1. Os outros dois brasileiros – Bruno Senna e Lucas Di Grassi – prometem apenas ser bons coadjuvantes, em um espetáculo que terá como grande atração a volta de Michael Schumacher em uma equipe competitiva, a Mercedes. Sem falar em Hamilton, Alonso, Button, Vettel e outros talentos.

Comodismo

A propósito de Fórmula 1: no Bahrein a corrida começa às 9h, mas depois disso somente em 9 de maio esse horário irá se repetir. Antes teremos longas madrugadas pela frente: os GPs de Austrália, Malásia e China terão largadas às 4h ou 5h. Quanto à Indy, que começa (domingo, 13h, na Band) pelas ruas de São Paulo, pensei em assistir à corrida. Ontem, os ingressos disponíveis custavam entre R$ 250,00 e R$ 500,00, hotel estava difícil, voo também. Larguei, vejo na tevê.

Pitacos

• Hoje (Globo, 21h50min), colorados secam o Corinthians em Bogotá, contra o Independiente.

• Ingresso mais barato em El Campin custa R$ 8,00. Com Ronaldo Fenômeno em campo.

• Aos gremistas cabe secarem o Santos na Copa do Brasil (Band, 21h50min) contra o Naviraiense (MS).

• Secar ajuda, mas, se Grêmio e Inter não fizerem sua parte em campo, nada adianta.

• Goleiro Bruno querendo defender Adriano: “Quem nunca saiu no tapa com uma mulher?” Patrícia Amorim recriminou: “Ele tem mãe, irmã. E eu sou mulher e presido o clube dele”.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Acima da média
A pergunta é: alguém está satisfeito com o futebol que tem apresentado?
Por que não?
O Ceará faz ótima campanha e já pode se considerar no Brasileirão de 2015
Perdendo futuros clientes
Está difícil assistir a um bom jogo entre clubes brasileiros, por mais que se revire a tevê
Não poderia ser outro
Se Tite não quis, somente Felipão teria cacife para pegar o Grêmio neste momento

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto