Porto Alegre, terça-feira, 27 de junho de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
25°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,3130 3,3150 0,39%
Turismo/SP 3,2600 3,4700 0%
Paralelo/SP 3,2700 3,4700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
234963
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
234963
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
234963
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

TECNOLOGIA Notícia da edição impressa de 23/09/2014

Start-Up Brasil busca acelerar mais 50 empresas inovadoras

Interessadas em participar têm até o dia 24 de outubro para se inscrever no programa
START-UP BRASIL/DIVULGAÇÃO/JC
Matos destaca o crescente aumento na qualidade dos projetos
Matos destaca o crescente aumento na qualidade dos projetos

O programa Start-Up Brasil está com inscrições abertas até o dia 24 de outubro para a seleção de mais 50 empresas nascentes de base tecnológica. Os players irão integrar a quarta turma do programa de aceleração. Cada startup apoiada receberá até R$ 200 mil em bolsas.

O Start-Up Brasil conta com uma chamada pública por ano, realizada em duas rodadas de seleção. O programa já recebeu mais de 2,2 mil inscrições e selecionou 131 empresas nas turmas 1 e 2, das quais, até o momento, 95 foram efetivamente apoiadas após firmarem contrato com as aceleradoras. A turma 3, cuja seleção foi anunciada no começo de setembro, está em processo de negociação com as aceleradoras.

O diretor de operações do Start-Up Brasil, Felipe Matos, diz que o programa tem viabilizado o desenvolvimento acelerado de centenas de novas empresas inovadoras brasileiras, e contribuído não só pelos recursos que oferece, mas pelo apoio no sentido a ajudar as empresas a usá-los de forma mais eficiente. “Temos notado um crescente aumento na qualidade dos projetos. As startups têm o poder de ajudar a revitalizar o mercado, mantendo a economia ativa e potencializando um ambiente de inovação e negócios para o País”, comenta.

A participação das startups gaúchas, que já era significativa nas outras etapas, está sendo ainda maior nesta edição. “O Rio Grande do Sul agora tem duas aceleradoras locais, a Wow e a Ventiur, o que aumenta a capacidade de atender às empresas da região e, assim, estimular a procura”, projeta.

Para concorrer a uma vaga, os players devem ter até quatro anos de constituição. Além disso, precisam desenvolver software, hardware e serviços de tecnologias da informação ou, ainda, criar novas soluções que busquem utilizar software, hardware e/ou serviços de TI como elementos do seu esforço de inovação.

As inscrições ocorrem via edital e precisam atender a todos os critérios de elegibilidade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) para startups nacionais e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para startups internacionais.

Entre as propostas enviadas serão selecionadas cerca de 50 startups, sendo até 25% das vagas oferecidas para startups internacionais, que devem se mudar para o Brasil para receberem o apoio. Após a divulgação das startups selecionadas pelo programa, cada empresa tem 60 dias para negociar com até seis aceleradoras das 12 qualificadas pelo programa e fechar negócio com uma delas.

Firmado o contrato, a startup passa a fazer parte do programa de aceleração, recebendo um apoio de até R$ 200 mil em bolsas de pesquisa, desenvolvimento e inovação para empreendedores e atração de recursos humanos.

Além dessa bolsa, recebe um aporte financeiro da aceleradora, que pode variar de R$ 20 mil a R$ 200 mil para inserção no mercado, além de ingresso no programa de aceleração, que conta com mentorias, coaching, treinamentos, assessoria jurídica, networking, entre outros benefícios. As inscrições devem ser feitas pelo site www.startupbrasil.org.br/inscricoes-startups.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Documentos foram assinados nesta quinta-feira por José Ivo Sartori
Rio Grande do Sul lança editais para parques e polos tecnológicos
Nanossatélite brasileiro entra em órbita e tem sinais captados no país
O artefato está em órbita a uma altitude de cerca de 400 quilômetros e funciona da forma prevista
Donos de aparelhos Apple já podem baixar sistema operacional iOS 9
A Apple liberou nesta quarta-feira (16) a nova versão do seu sistema operacional, o iOS 9, que já está disponível para os modelos mais recentes de iPhone, iPad e iPod Touch
Mark Zuckerberg anunciou que a empresa já está trabalhando na nova ferramenta
Facebook terá botão ‘não curti’, anuncia Mark Zuckerberg

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto