Porto Alegre, quarta-feira, 30 de julho de 2014. Atualizado às 18h04.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
20°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2410 2,2430 0,53%
Turismo/SP 2,0500 2,4100 1,68%
Paralelo/SP 2,0600 2,4200 1,68%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
922824
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Acidente 07/04/2014 - 18h06min

Silo de moinho desaba e espalha toneladas de trigo em Maceió

Agência O Globo

Um dos quatro silos do Moinho Motrisa, em Maceió (AL), desabou na tarde desta segunda-feira (7), espalhando toneladas de trigo. Segundo testemunhas, o trigo soterrou carros e estabelecimentos comerciais. Ainda não se sabe se há soterrados.

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), quatro pessoas foram encaminhadas ao Hospital Geral do Estado, e uma delas em estado grave. Não se sabe se elas estavam soterradas.

A área no bairro do Poço, na parte baixa da capital alagoana, foi isolada. Cães farejadores axiliam nas buscas. Ainda não se sabe a causa do acidente. O silo tinha cerca de trinta metros de altura e fica em área movimentada próximo ao centro da cidade.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos, não havia irregularidades quanto à fiscalização do prédio. "Toda a documentação do moinho estava regularizada, também não recebemos nenhuma reclamação ou denúncia que apontasse o contrário", disse ao site G1.

Trinta e cinco bombeiros, sete viaturas, duas máquinas retroescavadeiras e um caminhão caçamba trabalham na busca a vítimas e na remoção do produto espalhado na via.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Prédios residenciais perto de viaduto em Belo Horizonte serão evacuados
Dois prédios serão evacuados nos próximos dias, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Trata-se de uma ação da Defesa Civil Municipal que está relacionada à queda do Viaduto Guararapes, no início do mês
Falha em projeto causou queda de viaduto em Belo Horizonte, diz construtora
O laudo mostra que o projeto não previu o uso de aço suficiente para aguentar o peso demandado
Imóveis vizinhos ao viaduto de BH terão nova vistoria
O objetivo é verificar a necessidade de retirada de moradores do local para a demolição de parte da estrutura que foi preservada para a realização de perícia da Polícia Civil
BH inicia recapeamento de via destruída em desabamento
Teve início nesta quarta-feira o recapeamento da parte da pista da avenida Pedro I, em Belo Horizonte, destruída pelo desabamento do viaduto Guararapes, ocorrido há uma semana

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto