Porto Alegre, sexta-feira, 18 de abril de 2014. Atualizado às 23h13.
Hoje é Dia Nacional do Livro Infantil. Hoje é Paixão de Cristo.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
25°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2340 2,2360 0,26%
Turismo/SP 2,1200 2,3600 0%
Paralelo/SP 2,1400 2,4100 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
162460
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Giro Rápido Vinicius Ferlauto | automotor@jornaldocomercio.com.br

Giro Rápido

Coluna publicada em 11/12/2009

Processo aprimorado

A Mangels, especializada no setor metalúrgico, importou da Itália uma nova linha robotizada de pintura automática horizontal de rodas ao custo de R$ 20 milhões. Com essa nova tecnologia, a empresa aumentará sua capacidade de produção de 2,5 milhões para 3,5 milhões de rodas por ano, volume que fará dela a maior fabricante de rodas da América do Sul e uma das maiores do mundo. O investimento equipara a Mangels às companhias líderes internacionais na fabricação de rodas, especialmente as de origem japonesa, americana e de países da Europa ocidental, como Alemanha, França e Itália. Atualmente, a Mangels é a única produtora de rodas de liga-leve de alumínio que atende a todas as montadoras instaladas no Brasil, além de fornecer produtos para o mercado de reposição.

Mega oportunidade

A Aymoré Financiamentos e o portal especializado em automóveis WebMotors realizam, até 18 de dezembro, a nona edição do Giga Feirão, ação de varejo de veículos que envolve mais de três mil lojas em todo o Brasil. Durante o período, o portal www.gigafeirão.com.br receberá milhares de ofertas de veículos novos e usados de todas as marcas.

Previsão de demanda

A MWM International implantou um novo sistema de projeção de demanda, que mapeia sua rede de distribuidores nacionais e internacionais. Através de métodos estatísticos, com base no histórico de pedidos dos últimos 36 meses, o programa permite que a companhia projete com antecedência o volume de peças para reposição de acordo com o fluxo de saída nos distribuidores e pontos de venda. O projeto, implantado em 90 dias, absorveu US$ 500 mil.

Enxurrada de dinheiro

Levantamento da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef) aponta crescimento de 10,1% no saldo acumulado das carteiras de CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e de Leasing para financiamento de automóveis pelas pessoas físicas, atingindo R$ 155,2 bilhões em outubro contra R$ 140,9 bilhões no mesmo mês do ano passado. Somente a carteira de CDC saltou de R$ 85,2 bilhões em outubro de 2008 para R$ 90,3 bilhões em outubro de 2009. Já a carteira de Leasing cresceu, no mesmo comparativo, 16,4%, saindo de R$ 55,7 bilhões para R$ 64,9 bilhões.

Marca ultranacional

A fabricante de acessórios para veículos utilitários Keko fincou bandeira na Nicarágua, ampliando sua presença no exterior, que já inclui toda a América do Sul, Inglaterra, Austrália e boa parte da América Central – Costa Rica, El Salvador e Panamá. As exportações representam, atualmente, 15% do faturamento total da empresa, que em 2009 deve chegar a R$ 70 milhões. A previsão da Keko é de R$ 100 milhões para 2010, com crescimento de 41%.

Colhendo os frutos

Em novembro, a fabricante de motocicletas Kasinski registrou seu melhor resultado, em faturamento, do ano de 2009. Comparado a igual período de 2008, o crescimento foi de 171%. A empresa atribui o resultado a sua aquisição, em julho deste ano, pela companhia sino-brasileira CR Zongshen. A nova controladora da Kasinski implementou mudanças nas áreas fabril, comercial e de produtos – incluindo aí uma redução média de 15% no preço dos produtos. O sucesso da política também permitiu contratações: até abril de 2010 deverão ingressar na unidade fabril da Kasinski, em Manaus (AM), mais 120 novos colaboradores.

COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto