Porto Alegre, segunda-feira, 24 de abril de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
22°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,1250 3,1270 1,01%
Turismo/SP 3,0900 3,2700 0%
Paralelo/SP 3,0900 3,2700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
926492
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
926492
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
926492
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Giro Rápido Vinicius Ferlauto
automotor@jornaldocomercio.com.br

Giro Rápido

Coluna publicada em 11/12/2009

Processo aprimorado

A Mangels, especializada no setor metalúrgico, importou da Itália uma nova linha robotizada de pintura automática horizontal de rodas ao custo de R$ 20 milhões. Com essa nova tecnologia, a empresa aumentará sua capacidade de produção de 2,5 milhões para 3,5 milhões de rodas por ano, volume que fará dela a maior fabricante de rodas da América do Sul e uma das maiores do mundo. O investimento equipara a Mangels às companhias líderes internacionais na fabricação de rodas, especialmente as de origem japonesa, americana e de países da Europa ocidental, como Alemanha, França e Itália. Atualmente, a Mangels é a única produtora de rodas de liga-leve de alumínio que atende a todas as montadoras instaladas no Brasil, além de fornecer produtos para o mercado de reposição.

Mega oportunidade

A Aymoré Financiamentos e o portal especializado em automóveis WebMotors realizam, até 18 de dezembro, a nona edição do Giga Feirão, ação de varejo de veículos que envolve mais de três mil lojas em todo o Brasil. Durante o período, o portal www.gigafeirão.com.br receberá milhares de ofertas de veículos novos e usados de todas as marcas.

Previsão de demanda

A MWM International implantou um novo sistema de projeção de demanda, que mapeia sua rede de distribuidores nacionais e internacionais. Através de métodos estatísticos, com base no histórico de pedidos dos últimos 36 meses, o programa permite que a companhia projete com antecedência o volume de peças para reposição de acordo com o fluxo de saída nos distribuidores e pontos de venda. O projeto, implantado em 90 dias, absorveu US$ 500 mil.

Enxurrada de dinheiro

Levantamento da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef) aponta crescimento de 10,1% no saldo acumulado das carteiras de CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e de Leasing para financiamento de automóveis pelas pessoas físicas, atingindo R$ 155,2 bilhões em outubro contra R$ 140,9 bilhões no mesmo mês do ano passado. Somente a carteira de CDC saltou de R$ 85,2 bilhões em outubro de 2008 para R$ 90,3 bilhões em outubro de 2009. Já a carteira de Leasing cresceu, no mesmo comparativo, 16,4%, saindo de R$ 55,7 bilhões para R$ 64,9 bilhões.

Marca ultranacional

A fabricante de acessórios para veículos utilitários Keko fincou bandeira na Nicarágua, ampliando sua presença no exterior, que já inclui toda a América do Sul, Inglaterra, Austrália e boa parte da América Central – Costa Rica, El Salvador e Panamá. As exportações representam, atualmente, 15% do faturamento total da empresa, que em 2009 deve chegar a R$ 70 milhões. A previsão da Keko é de R$ 100 milhões para 2010, com crescimento de 41%.

Colhendo os frutos

Em novembro, a fabricante de motocicletas Kasinski registrou seu melhor resultado, em faturamento, do ano de 2009. Comparado a igual período de 2008, o crescimento foi de 171%. A empresa atribui o resultado a sua aquisição, em julho deste ano, pela companhia sino-brasileira CR Zongshen. A nova controladora da Kasinski implementou mudanças nas áreas fabril, comercial e de produtos – incluindo aí uma redução média de 15% no preço dos produtos. O sucesso da política também permitiu contratações: até abril de 2010 deverão ingressar na unidade fabril da Kasinski, em Manaus (AM), mais 120 novos colaboradores.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Fornecedora sul-coreana
A fornecedora de autopeças sul-coreana Kwangjin investirá R$ 35 milhões em uma nova fábrica em Sumaré (SP)
Financiamentos garantidos
A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) e o Banco Fidis firmaram parceria com a unidade de financiamentos do Bradesco pelo prazo de 10 anos
Liderança em veículos elétricos
A Aliança Renault-Nissan vendeu o seu veículo elétrico de número 250 mil
Foco nas exportações
A fabricante de motores a diesel MWM planeja expandir em 30% suas exportações neste ano em relação a 2014

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto