Porto Alegre, sexta-feira, 01 de agosto de 2014. Atualizado às 21h16.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
18°C
27°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 2,2580 2,2600 0,65%
Turismo/SP 2,0600 2,4600 0,81%
Paralelo/SP 2,0700 2,4600 0,40%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
141165
Repita o código
neste campo
 
 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Programas Sociais 12/04/2013 - 11h56min

Dilma cobra metrô para Porto Alegre em formatura do Pronatec

Mauro Belo Schneider

Roberto Stuckert Filho/PR/Divulgação/JC
Formatura do Pronatec contou com a presença de presidente Dilma e da ministra Tereza Campello
Formatura do Pronatec contou com a presença de presidente Dilma e da ministra Tereza Campello

A presidente Dilma Rousseff cobrou do prefeito José Fortunati, na manhã desta sexta-feira (12), durante sua participação na formatura dos 2.223 alunos do Rio Grande do Sul do curso profissionalizante Pronatec, no Auditório Araújo Viana, o metrô em Porto Alegre. Dilma lembrou que o governo federal está repassando bilhões de reais às cidades para que as obras sejam executadas. 

Ao comentar que Porto Alegre é a cidade de seu neto, Dilma disse que valoriza muito a questão de mobilidade. "Esta é a única forma racional de transporte coletivo de massa, e está à altura do nosso País", disse ela. 

Na cerimônia, também foi anunciado o aumento do benefício às famílias de baixa renda com crianças de 0 a seis anos de R$ 70 para R$ 100. A atividade é uma parceria entre o programa federal Brasil Carinhoso e o estadual RS Mais Igual. A novidade foi divulgada pela ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

Antes de Dilma, o prefeito José Fortunati também havia feito uma reivindicação. Ele aproveitou a oportunidade para pedir a colaboração da presidente no abatimento dos valores do transporte coletivo no Brasil, em referência às passagens de ônibus de Porto Alegre.

Ao longo de seu discurso, que durou cerca de 30 minutos, a presidente, bem-humorada, disse que contrataria uma das pessoas da platéia para o seu protocolo, quando foi lembrada a elogiar os professores do curso. Dilma elogiou, ainda, o fato de 65% das formandas serem mulheres e finalizou com um conselho aos novos profissionais: "Nunca parem de estudar. Isso vale também para presidentas da república". Na saída do auditório, empresas faziam cadastro dos formados para vagas de empregos. 

Leia também:
Lara destaca participação do RS na qualificação profissional
Formanda diz que Pronatec foi solução para desemprego 

COMENTÁRIOS
Galo Arrasador - 12/04/2013 - 13h18
Em BH o Prefeito está de joelhos mendingando uma verba para o metrô que há 12 anos está em construção e não sai do papel, apesar das promessas da D. Dilma.


João Gaspar Farias -
12/04/2013 - 13h19
Precisa estudar sempre, sim, para não dizer "presidenta", uqe é um erro bem básico de português.


Claudio -
12/04/2013 - 13h33
Êta Presidente mentirosa. Onde está o dinheiro para o metro de Belo Horizonte? Tá com medo de enviar, pois o prefeito não é do seu partido e apoia o Aécio Neves? Fjui petista e hoje posso dizer: êta turminha que mente.


airton -
12/04/2013 - 13h34
é isso Presidenta. tem que estudar mesmo se não v.pode virar Presidente


José -
12/04/2013 - 13h38
Quanto a PORTO ALEGRE CPITAL GAUCHA NÃO SEI,mas a diu-má se esquece que somos 27 estados da confederação, se se ajuda 1 tem que ajudar todos, e mais o prefeito dai queira ou não pressionado pelo governador do pemedebe pegou a verba e ajudou os necessitados coisa que o desgoverno fesderal não fez, parabens ao prefeito de PORTO ALEGRE.


Edson Rosa -
12/04/2013 - 13h39
Tanto Presidenta quanto Presidente estão corretos.


Politico -
12/04/2013 - 13h39
..é um absurdo, que quanto mais faz, mais faz, mais criticam...gente é para o nosso PAÍS!!!


Carolina -
12/04/2013 - 13h43
Erro de Português é dizer que não existe "presidenta" sinal que faltou aurélio por aí! E aí Fortunati, cadê o metrô de POA???


Claudio -
12/04/2013 - 13h54
Quem estudo não ser torna presidenta, nem dentisto nem clienta. É coisa de petisto e petista


Everton Medeiros -
12/04/2013 - 13h56
ESPERO QUE ELA COBRE TAMBÉM DO EX-PREFEITO DUCIOMAR COSTA DE BELÉM DO PARÁ, A OBRA CONC´LUÍDA DO BRT, QUE FOI PARALISADA E AINDA ESTÁ SENDO DESCOBRETO QUE O MATERIAL USADO É INADEQUADO. "VAMOS FICAR DE OLHO"


Valdeci Rodrigues Raposo -
12/04/2013 - 14h01
Bom, uma pergunta aos notáveis em português, se presidenta está correto, então eu imagino que estudanta também seja correto. Alguém poderia me responder isso? Obrigado


Melo -
12/04/2013 - 14h03
Que bom ouvir boas notícias! Vamos nessa Brasil. Teu povo merece!


eliete -
12/04/2013 - 14h09
a presidente sabe q é presidente mas assim que ela assumiu o cargo ela disse q usaria esse termo, simples assim.


Dario -
12/04/2013 - 14h18
Presidenta está correto, mas acho de extremo mau gosto. Se a regra pegasse, imagine-se aonde iria dar.


Kreuzinha -
12/04/2013 - 14h19
Tais expressões estão condicionadas a um fato linguístico inerente à classe gramatical representada pelos substantivos, mais precisamente no que se refere a uma de suas flexões ? o gênero. E ao se tratar deste assunto, percebe-se que há divergência de opiniões entre renomados gramáticos, tais como Celso Cunha, que ressalta que o feminino (relativo à presidenta) ainda se apresenta com curso restrito no idioma, em se tratando do Brasil; Evanildo Bechara e Luís Antônio Sacconi admitem como corretas as duas formas; João Ribeiro afirma que "o uso de formar femininos em ?enta? dos nomes em ?ente?, como presidenta, almiranta, infanta, tem-se pouco generalizado". Por último, citamos as palavras de Domingos Paschoal Cegalla, o qual revela que ?presidenta? é a forma correta e dicionarizada, ao lado de presidente. Divergências deixadas à parte, o fato é que forma ?a presidente?, está correta, justamente pelo fato de integrar ao caso relacionado aos substantivos denominados comuns de dois. Portanto, podemos perfeitamente dizer: a presidente. Assim, em meio a tantos posicionamentos, há que se dizer que há um especial, retratado pelo VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa), revelando que o substantivo pode perfeitamente ter a sua forma flexionada, ou seja, é correto também dizermos presidenta. Desta forma, o que mais nos interessa é saber qual das formas estão corretas, não é verdade? Pois bem, as duas estão de acordo com o padrão formal da linguagem. Logo, empregar esta ou aquela é opção de cada usuário.


Hugo Felipe da Silva -
12/04/2013 - 14h23
Eita presidenta inteligenta e eleganta!


chagas -
12/04/2013 - 14h28
As estudantas devem ter ficado bem felizes com a preseça da presidenta.


André -
12/04/2013 - 14h33
Está difícil criticar o PT, na falta de críticas a língua portuguesa vira o alvo...mas lamento informar que a forma "presidenta" é absolutamente correta, quem presta atenção nas aulas de português desde o primário sabe isso.A recorrência a que se concerne o termo ?presidente? se deve ao fato de que mediante os postulados gramaticais existe uma forma comum, tanto para o gênero masculino quanto para o feminino, os chamados substantivos comuns de dois gêneros, tais como: o artista - a artista; o jovem - a jovem; o estudante - a estudante. Constatamos, pois, que a diferenciação se dá mediante o emprego de apenas um termo que o determina, ou seja, os artigos (o/a). Entretanto, há palavras que admitem ambas as formas, como é ocaso de ?o chefe - a chefe ou ainda, a chefa?. Assim como é o caso de ?a parente ? o parente, bem como a parenta?, consequentemente, a presidenta.


Mauro da Silva -
12/04/2013 - 14h36
Vou responder ao desatualizado Claudio que está cobrando da PresidentA, verba para o metrô de BH, a mesma foi liberada, mas somente pode ser utilizada após os editais de licitações forem finalizados, o que o Governador de MG ainda não fez. Cobre do seu Governador ação.


BH Man -
12/04/2013 - 14h36
Em BH o governo estadual deixou a verba repassada VOLTAR! A máfia das empresas de ônibus não deixa a coisa andar. Divulguem isso!!!!


Ana -
12/04/2013 - 14h36
Valdeci Rodrigues Raposo faltou a aula de português, é óbvio que os dois termos existem, consulte uma gramática que terá a resposta, basta ler, coisa que o brasileiro não curte muito, não é mesmo? Aí recebe um texto pela internet de um pseudo intelectual e acha que entende tudo de todos os assuntos! Recado para BH, abram os olhos, o dinheiro mendigado por 12 anos provavelmente está no bolso de alguém! Dilma já liberou a verba. Fortaleza está usando para construir o metrô!


Mauro da Silva -
12/04/2013 - 14h37
Vou responder ao desatualizado Claudio que está cobrando da PresidentA, verba para o metrô de BH, a mesma foi liberada, mas somente pode ser utilizada após os editais de licitações forem finalizados, o que o Governador de MG ainda não fez. Cobre do seu Governador ação.


Carlos de Sá -
12/04/2013 - 14h38
Para os teimosos, eis uma análise do termo Presidenta e outros: O professor PASQUALE CIPRO NETO tira a dúvida. Que têm em comum palavras como ?pedinte?, ?agente?, ?fluente?, ?gerente?, ?caminhante?, ?dirigente? etc.? Não é difícil, é? O ponto em comum é a terminação ?-nte?, de origem latina. Essa terminação ocorre no particípio presente de verbos portugueses, italianos, espanhóis? Termos como ?presidente?, ?dirigente?, ?gerente?, entre inúmeros outros, são iguaizinhos nas três línguas, que, é sempre bom lembrar, nasceram do mesmo ventre. E que noção indica a terminação ?-nte?? A de ?agente?: gerente é quem gere, presidente é quem preside, dirigente é quem dirige e assim por diante. Normalmente essas palavras têm forma fixa, isto é, são iguais para o masculino e para o feminino; o que muda é o artigo (o/a gerente, o/a dirigente, o/a pagante, o/a pedinte). Em alguns (raros) casos, o uso fixa como alternativas as formas exclusivamente femininas, em que o ?e? final dá lugar a um ?a?. Um desses casos é o de ?parenta?, forma exclusivamente feminina e não obrigatória (pode-se dizer ?minha parente? ou ?minha parenta?, por exemplo). Outro desses casos é justamente o de ?presidenta?: pode-se dizer ?a presidente? ou ?a presidenta?. A esta altura alguém talvez já esteja dizendo que, por ser a primeira presidente/a do Brasil, Dilma Rousseff tem o direito de escolher. Sem dúvida nenhuma, ela tem esse e outros direitos. Se ela disser que quer ser chamada de ?presidenta?, que seja feita a sua vontade -por que não?


leo jose -
12/04/2013 - 14h40
Ninguém tem compromisso com a verdade na política, todos falam oque convém, isso é muito triste


Geraldo Flexa -
12/04/2013 - 14h46
Valdeci, não sou linguista, mas querer comparar flexão da palavra Presidente com Estudante não é correto. Uma explicação é a seguinte: Presidente pode ser Presidenta por se tratar de um cargo (neste caso único - só existe um Presidente(a) da República), diferente de gerente, que não flexiona para gerente. Mesmo caso de estudante, que não pode ser estudante. É isso!


Feguro -
12/04/2013 - 14h48
Eitaaaa, ta todo mundo preocupado com o erro do portugues. Será que esse protugues é o que foi contratado pra fazer a obra???


Consultem um dicionário -
12/04/2013 - 14h54
Nossa, mas que chatice essa implicância com o termo presidenta. A palavra existe, segundo o Houaiss, desde 1872 em nosso vernáculo. Agora esqueçam isso, dois anos batendo nessa mesma tecla é demais.


ana -
12/04/2013 - 14h55
Professor Pasquale é igual ao Neymar...puro marketing! A Dilma não se deu ao luxo de mudar a língua portuguesa, apenas fez o que é certo! a recorrência a que se concerne o termo ?presidente? se deve ao fato de que mediante os postulados gramaticais existe uma forma comum, tanto para o gênero masculino quanto para o feminino, os chamados substantivos comuns de dois gêneros, tais como: o artista - a artista; o jovem - a jovem; o estudante - a estudante. Constatamos, pois, que a diferenciação se dá mediante o emprego de apenas um termo que o determina, ou seja, os artigos (o/a). Entretanto, há palavras que admitem ambas as formas, como é ocaso de ?o chefe - a chefe ou ainda, a chefa?. Assim como é o caso de ?a parente ? o parente, bem como a parenta?, consequentemente, a presidenta.


jairo.rieiro -
12/04/2013 - 14h56
Se a Dilma é contra a punição dos mensaleiros, bandidos notórios condenados legitimamente, ninguém esperava que ele fosse a favor da redução da idade penal. Enquanto isso, o Brasil continua dominado por criminosos disfarçados de político e pela impunidade.


Presidento -
12/04/2013 - 14h57
Como disseram por aqui, o substantivo é palavra variável no gênero, no grau, etc., então, o Lula tem mais cara de presidento ou presidente? Ah, tá bão, na próxima eu mando melhor.


Thomás -
12/04/2013 - 14h59
Impressionante, as pessoas se preocupam em criticar a expressão " presidenta " antes mesmo de ver se existe ou não, não é só por causa dos político que nosso país tem tantos defeitos, é por causa de gente burra e ignorante também.


Ronaldo -
12/04/2013 - 14h59
Pra quem acha que presidenta foi invenção dela!! Fica a dica, a palavra existe a tempos! Ignorância é tenso viU! http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/presidenta-existe-na-lingua-portuguesa-desde-1872/n1597210547562.html


Jefferson -
12/04/2013 - 15h03
Às vezes me pergunto a razão de as pessoas acharem que têm tantas certezas das coisas quando, na verdade, são meras suposições. O substantivo feminino presidenta é uma palavra dicionarizada há bastante tempo, tanto em português quanto em espanhol. O fato de não usarmos a palavra não significa que seja incorreta. Em português é pouco utilizada até o momento, mas, em espanhol sua utilização é muito comum. Abs, Jefferson.


Silvio -
12/04/2013 - 15h03
A coisa melhor que tem é ver a tucanada dos diabos se ruendo de inveja!Enquanto ao babaca que falou ai no metrÔ de BH,na realidade quem está travando é 'GOVERNADORA' do estado,pois ela que barrar todo o projeto que é do PT,porque é um tucano mal amado!E outra,o prefeito de BH nao apoia de forma alguma o maconheiro,pois o chefe do partido dele vai se candidar,fica mais informado pessoal!


Joao -
12/04/2013 - 15h04
O correto seria: PresidANTA


alexandre -
12/04/2013 - 15h06
sou de minas e queria dizer que nao adianta dar dinheiro pra turma do governo mineiro porque nao fazem nada a unica coisa que se compra em minas é ambulancia para fazer politica faz tempo que estamos nesse atoleiro é brincadeira


Andre Viveiros -
12/04/2013 - 15h08
Enquanto isso em BH, porque o prefeito não é do PT as verbas não chegam! o metrô e a BR 381 só nas promessas.


aquaticu -
12/04/2013 - 15h08
"Nunca parem de estudar, isso vale tbem para presidenta de republica", por que para o molusco isso não vale.


Justo -
12/04/2013 - 15h09
Deve ser mentira, esse povinho do PT mente pra caramba. Para as cidades da oposição ele nao manda, essa murrinha.


Sidnei Cardoso -
12/04/2013 - 15h14
A preisente Dilma, deveria dar uma chegada em SALVADOR, para ver como esta sendo empregado o dinheiro publico, pelas noticias, deverão destinar outra verba para que seja feito os reparos nos equipamentos ou nesse caso não sabemos realmente se terão condição para tal


Marcelo -
12/04/2013 - 15h16
Aí Dilma, parabéns, estão dando um mundo de dinheiro para a construção de clubes de time de futebol, pelo menos ai está dando dinheiro para transporte para os cidadãos !!!!!!!!!! PARABÉNS !!!!


JATAÍ -
12/04/2013 - 15h17
falam presidenta pq não são ignoranta nem incompetenta.


Marcos -
12/04/2013 - 15h30
Para encerrar a 1ª discussão coloco:embora não seja minha área, se estiver errada a colocação Presidenta, vamos entender como neologismo. Em relação as verbas, vejo um esforço do executivo em alavancar obras. Aqui em Porto Alegre, pergunte ao prefeito fortunati que está liberando os recursos para as suas obras.


Marcos -
12/04/2013 - 15h30
Para encerrar a 1ª discussão coloco:embora não seja minha área, se estiver errada a colocação Presidenta, vamos entender como neologismo. Em relação as verbas, vejo um esforço do executivo em alavancar obras. Aqui em Porto Alegre, pergunte ao prefeito fortunati que está liberando os recursos para as suas obras.


Roberto -
12/04/2013 - 16h49
Vou chamá-la do jeito queue quiser, inclusive de marionetA do Lula.


Joao Cangussu -
12/04/2013 - 17h03
Porto Alegre merece mais que BH. Sou mineiro e Belo Horizonte tem mentalidade de interior, Porto Alegre tem mentalidade cosmopolita. Ambos estados teriam condicoes de fazer o sistema metroviario independente da Uniao


GaloGalo -
12/04/2013 - 17h36
Blá Blá Blá... Conversa fiada pra boi dormir... A população está entregue às baratas...


ademir -
12/04/2013 - 17h38
Por que a presidente quer mudar o português? Não existe presidenta.


Ricardo -
12/04/2013 - 17h50
O gov. federal é ótimo em prometer, mas péssimo em cumprir. A culpa de BH não ter metrô é 5% prefeitura, 5% estado e 90% gov. federal. Nos 8 anos do Lula, a única obra dele em minas foi aquele viaduto na BR 040, que além de ter demorado 6 anos pra terminar, quase teve que ser derrubada de tão ruim que ficou...


Claudio Bomtempo -
12/04/2013 - 18h30
Aí João Gaspar, claro que existe o termo presidenta!!. Vai estudar !!! http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/presidenta-existe-na-lingua-portuguesa-desde-1872/n1597210547562.html


Vaulber B. Pellegrini -
12/04/2013 - 18h50
79% da preferencia????


Mauricio Oliveira -
12/04/2013 - 19h03
Presidenta, a capital gaúcha não move este país. O metrô de São Paulo é que está defasado, atrasado, e as novas estações já não atendem à população de forma satisfatória, ok?

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Nova linha dará mais vantagens para compra de aparelhos domésticos
Mutuário terá juros menores para móveis e eletrodomésticos
Objetivo do governo é reduzir taxas para 0,4% ao mês, com prazo de 60 meses
Bernadete Bitencourt concluiu o curso de cuidadores de idosos
Formanda diz que Pronatec foi solução para desemprego
Bernadete Bitencourt, 51 anos, é uma das formandas do curso Pronatec de cuidadores de idosos, em cerimônia com a presidente Dilma
Lara está em Porto Alegre para a formatura dos alunos do Pronatec, no Araújo Vianna
Lara destaca participação do RS na qualificação profissional
Em 2012, um terço dos formandos dos cursos do governo foram gaúchos

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e as edições
dos últimos
5 anos do JC.


 
para folhear | modo texto