Porto Alegre, sexta-feira, 24 de novembro de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
29°C
25°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,2260 3,2280 0,18%
Turismo/SP 3,1600 3,3800 0,59%
Paralelo/SP 3,1600 3,3800 0,29%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
199838
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
199838
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
199838
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

artes cênicas Notícia da edição impressa de 25/03/2013

O espetáculo por outro ângulo

Michele Rolim

MARCELO NUNES/DIVULGAÇÃO/JC
Projeto de uma escola de espectadores quer incentivar a formação de plateias como a da cena acima
Projeto de uma escola de espectadores quer incentivar a formação de plateias como a da cena acima

Reflexões e publicações atuais procuram reconhecer o papel da recepção e discutem como o espectador contribui de modo determinante para o espetáculo. Dentro desta ideia, a Coordenação de Artes Cênicas do município lança amanhã a Escola de Espectadores de Porto Alegre, com a intenção de aproximar o público em geral dos criadores e das montagens, conciliando aulas sobre fundamentos teóricos de artes cênicas com debates sobre espetáculos em cartaz.

“Parto do princípio de que só se pode gostar e valorizar o que é conhecido. Esta é a principal intenção da escola. Os efeitos que isso pode causar ainda são desconhecidos, mas esperamos que passem pela organização de núcleos de estudos, por grupos de leitura dramática e por clubes de discussão”, comenta o coordenador da escola, o jornalista e dramaturgo Renato Mendonça.

A cerimônia, que tem entrada franca, tem início às 20h no Teatro de Câmara (República, 575) e contará com a presença do pesquisador argentino Jorge Dubatti, que criou a primeira escola de espectadores, em 2001, em Buenos Aires. Além disso, haverá a apresentação de uma paródia do texto de Esperando Godot, de Samuel Beckett, escrita por Mendonça e dirigida por Graça Nunes. No palco estarão Sandra Dani e Deborah Finocchiaro. Também abre a exposição Pelas ruas e palcos da cidade, das fotógrafas Adriana Marchiori e Ana Vianna, apresentando seleção de imagens de dança e teatro.

A intenção é que as atividades sigam o modelo que já funciona com sucesso em Buenos Aires, Montevidéu, Cidade do México, Santiago do Chile, Medelin e Lima, contudo sem descartar o que cada cidade tem do próprio perfil. Como comparar Santiago do Chile e Buenos Aires a Porto Alegre? “As diferenças começam na qualificação do espectador, na valorização do teatro como atividade cultural, no perfil etário e econômico das plateias, na qualidade e distribuição das salas, com a ascensão das redes sociais. Até o acesso à internet é um parâmetro que deve ser considerado,” explica Mendonça.

A demanda por este novo espaço na cidade é antiga. “Há tempos que havia esta discussão. Nas reuniões de júri e de comissões de editais, por exemplo, as pessoas desejam debater teatro fora das salas de apresentação”, conta o coordenador de artes cênicas de Porto Alegre, Breno Ketzer Saul. São 80 inscritos e há lista de espera. “A maioria é de pessoas que tem alguma ligação com o teatro. Queremos ampliar este público, o nosso foco é a formação de plateia qualificada, já que muitas vezes o boca a boca funciona de forma mais eficaz do que uma propaganda na mídia”, argumenta Saul.

É importante lembrar que as artes cênicas ainda lutam para serem reconhecidas como um campo teórico consolidado, enquanto que as demais áreas já oferecem um leque maior de cursos teóricos. Um bom exemplo é que foi somente em 2007 que o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Ufrgs foi criado, e o departamento ainda está se articulando para implantar o doutorado. “Creio que a própria evolução do modo de financiamento das artes cênicas também influi: tendo em vista a aprovação em editais e em leis de incentivo, fala-se muito mais em contrapartidas do projeto do que propriamente na relação entre artista e público”, comenta o coordenador da escola.

Mendonça também aponta uma divisão aparentemente inconciliável nos públicos de teatro e dança: os que só frequentam espetáculos esteticamente mais conservadores, e os que são fiéis às linguagens experimentais. “A arte contemporânea, ao exigir do espectador participação ativa e qualificação, distanciou-se do que se poderia chamar de arte de entretenimento”, diz.

Para ele, a segmentação de mercado se impôs absolutamente, e talvez o único momento em que o grande público se sinta motivado a se expor a linguagens mais experimentais é justamente quando existem grandes eventos. “O Porto Alegre Em Cena é um exemplo disso, atraindo públicos que, durante a temporada normal, não se “arriscam” a experimentar espetáculos de linguagem menos tradicional. Não sei se a escola terá força para superar esse afastamento, mas é um esforço para isso”, opina.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Companhia Del Puerto comemora 15 anos
Companhia Del Puerto comemora 15 anos de Flamenco
Espetáculo Homens de solas de vento é uma das atrações do Festival Palco Giratório 2014
Festival Palco Giratório retorna cheio de opções
Júlio Zanotta recebe homenagem pelos 35 anos de carreira
Júlio Zanotta recebe homenagem

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e acessar
o arquivo do JC.


 
para folhear | modo texto