Porto Alegre, domingo, 20 de agosto de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
17°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,1450 3,1470 1,00%
Turismo/SP 3,1500 3,3100 0%
Paralelo/SP 3,1500 3,3100 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
112926
Repita o código
neste campo
 
 
FEIRA DO LIVRO. De 26 de outubro a 11 de novembro em Porto Alegre.

MENU
Últimas notícias
JC na Feira do Livro
 
Troféu Cultura Econômica
Premiados
Comissão Julgadora
Fotos da Premiação
ARQUIVO
Hotsite Feira 2011
Hotsite Feira 2010
 
imprimir IMPRIMIR

09/11/2012 - 17h16min

Calorão não afasta público da Praça

Deborah Cattani

Marcos Nagelstein/JC
Mesmo com temperaturas acima dos 30ºC, público aproveita o dia
Mesmo com temperaturas acima dos 30ºC, público aproveita o dia

Nesta sexta-feira, início do último final de semana da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre, o dia atingiu temperaturas fora do normal para a época. Apesar do calor intenso, as pessoas seguem visitando a praça da Alfândega. Os termômetros chegaram a marcar 34ºC no Centro Histórico e alguns visitantes passaram mal.

“Pela manhã, uma gestante teve que ser removida para o Hospital de Pronto Socorro. Ela teve uma queda de pressão, ficou tonta e caiu”, conta o técnico em enfermagem e socorrista Antonio Gonçalves, que está desde cedo trabalhando na Feira. 

Segundo ele, houve outro caso de remoção, um senhor que também se sentiu mal e acabou caindo e machucando a cabeça. “Ele teve um corte na região frontal e os familiares o levaram para o Hospital Moinhos de vento”, disse Gonçalves.

Além das duas ocorrências, alguns livreiros ficaram com a pressão baixa. Porém esses casos são contidos no local, com água e outros cuidados. As situações ocorrem porque muitas bancas não possuem infraestrutura ou ventilação. “Está difícil suportar, tenho que ficar me abanando com o leque”, diz Ellen Mayara da Livraria Entrelinhas.

Mesmo com o abafamento, as vendas seguem em alta. Clodoaldo Rocha, vendedor da Rogil, afirmou que a semana foi produtiva. “Hoje, a gente está vendendo desde que abriu e o dia foi normal. Esse ano a Feira foi ótima, acho que o povo está mais interessado, lendo mais. Nenhum dia foi ruim”, esclarece Rocha.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR