Porto Alegre, domingo, 20 de agosto de 2017.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
17°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,1450 3,1470 1,00%
Turismo/SP 3,1500 3,3100 0%
Paralelo/SP 3,1500 3,3100 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  | 
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
122738
Repita o código
neste campo
 
 
FEIRA DO LIVRO. De 26 de outubro a 11 de novembro em Porto Alegre.

MENU
Últimas notícias
JC na Feira do Livro
 
Troféu Cultura Econômica
Premiados
Comissão Julgadora
Fotos da Premiação
ARQUIVO
Hotsite Feira 2011
Hotsite Feira 2010
 
imprimir IMPRIMIR

02/11/2012 - 19h16min

Histórias em quadrinhos ganham evento especial na Feira

Deborah Cattani

Paulo Serpa Antunes/Especial/JC
Denilson Rosa dos Reis e Alexandre Fontoura Doeppre comandam o VII Mutação
Denilson Rosa dos Reis e Alexandre Fontoura Doeppre comandam o VII Mutação

Sábado (3), a 58a Feira do Livro será palco de um evento paralelo especial, o VII Mutação: quadrinhos, fanzines e cultura pop. Uma parceria entre o grupo Quadrante Sul e a Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), o Mutação começa às 9h e vai até às 20h, com atividades variadas na Casa do Pensamento, Cais do Porto. Neste dia, a temática da Feira que acontece em Porto Alegre se concentra nas histórias em quadrinhos (HQs) e promete muitas atrações diferenciadas.

A organização do evento deste ano está a cargo, pela primeira vez, do grupo Quadrante de Sul, que tem entre seus membros Denilson Rosa dos Reis e Alexandre Fontoura Doeppre. Eles assumiram a responsabilidade de trazer para a praça da Alfândega a tradição dos quadrinhos. Além de proporcionar um ambiente para o pessoal aficionado, o Mutação também é uma forma de reunir as pessoas para falar desse mundo.

Segundo Reis, a montagem do evento é uma loucura: “Foi uma surpresa para nós, fomos convidados para constituir um cronograma, e, a cada dia, é uma mutação mesmo.” Mais calmo, Doeppre afirma que, este ano, serão muitas as novidades. “Teremos quadrinistas que realmente representam a área, não são profissionais com editoras comerciais por trás. Vamos trazer ilustradores do meio alternativo”, ressalta.

Durante a manhã de sábado será oferecido o TelaHQ, com debates sobre as séries Doctor Who e Supernatural. Logo depois, Gelson Weschenfelder, palestra sobre heróis e apresenta seu livro: Filosofando com os super-heróis (Mediação). À tarde, a Liga Comics, fã clube da Marvel/DC, garante a participação de convidados especiais.

Especialistas como Henry Jaepelt, Law Tissot, Gervásio Santana e Romir Rodriguez falarão sobre o segmento europeu, no bate-papo Outros Quadrinhos. A oficina de fanzine, promoção da Quadrante Sul, encerra a programação desta edição.

Quadrante Sul e o mercado editorial

A revista, que completa 25 anos em 2013, passou por reformulações em 2009. “Está mais elaborada, mais bem apresentada”, conta Reis. Doeppre explica que o grupo investe cada vez mais em novas tecnologias. Ele é tecnólogo em química, mas decidiu exercer no design gráfico, função que desempenha na Quadrante Sul. Reis é formado em história e escreve sues próprios fanzines.

Atualmente, eles relatam, o processo produtivo é mais fácil. “Nas décadas de 1980 e 1990, publicações independentes eram todas em xerox”, esclarecem. O barateamento do custo de fabricação é uma das razões pelas quais os HQs se disseminaram pelo mundo. Porém, isso causou impactos divergentes nos colecionadores, conforme explica Doeppre: “A coisa está muito elitizada. Dá saudade daquela época que a gente ia na banca e com 10 reais comprava vários gibis.”

Reis pondera: “Tem que olhar os dois lados, o do colecionador e o do artista. Ficou mais caro colecionar, no entanto, para quem produz, abriu-se um novo nicho.” Eles lembraram que, no Brasil, inclusive o Governo vem investindo no meio como forma de educação, liberando verbas para produção de HQs dos clássicos da literatura.

Quanto a proposta transmidiática que se instaura mundo a fora, eles comentam que pode ser uma maneira bem útil de divulgação das narrativas. Doeppre diz que muitos seriados acabaram por acrescentar elementos e enriquecer os quadrinhos.

“A própria Marvel está reformulando seus super-heróis para o cinema. Para os norte-americanos, isso é uma indústria”, ressalta Reis. Ambos lamentam que o mercado brasileiro ainda não atingiu o mesmo nível do exterior. “Se o país fosse mais forte nessa área, existiriam quadrinhos das novelas”, brincou Doeppre.

A revista Quadrante Sul pode ser conferida durante o VII Mutação. Uma mostra das edições ficará exposta no hall de entrada da Casa do Pensamento, no mesmo local.


COMENTÁRIOS
Gervásio Santana de Freitas - 05/11/2012 - 10h06
Estive sábado na 58.ª Feira do Livro de Porto Alegre. Belíssima. Linda, como sempre. E também igualmente qualificada o VII Mutação na Feira, do qual participei como palestrante numa das mesas, das 15 às 17 horas. Cultura pop, literatura, quadrinhos, fanzines e outras mídias foram temas dos debates. Sensacional. O Grupo Quadrante Sul conseguiu manter a qualidade do Mutação na Feira, com a presença de diversas feras do meio quadrinhístico. Parabéns!
Anderson "ANDF" Ferreira - 05/11/2012 - 15h55
Também estive lá, expondo e ajudando o pessoal. Foi bem bacana e divertido.
Fancy Borges - 06/11/2012 - 11h54
Estive com o Fã Clube Supernatural Brasil e afirmo que o evento foi ótimo. Organização nota 10, debates realmente bons e muita gente participando o dia todo. O Grupo Quadrante Sul está de parabéns.
imprimir IMPRIMIR