Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Acidente

Notícia da edição impressa de 04/05/2018. Alterada em 03/05 às 21h24min

Ônibus que presta serviços ao DMLU pega fogo em Porto Alegre

Contato de cigarro com galão de combustível teria causado as chamas

Contato de cigarro com galão de combustível teria causado as chamas


MARCO QUINTANA/JC
Um ônibus que prestava serviços ao Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) pegou fogo em Porto Alegre na tarde desta quinta-feira. O veículo, que pertence à terceirizada Cootravipa, estava na esquina da Ipiranga com Getúlio Vargas quando as chamas tiveram início. Ao todo, o veículo transportava 16 passageiros, que executariam serviços de roçada. Ninguém ficou ferido.
Segundo integrantes do Corpo de Bombeiros, que atendeu à ocorrência, o veículo carregava um galão de combustível para as máquinas que seriam utilizadas. Um dos tripulantes estaria fumando dentro do ônibus, o que pode ter dado início ao fogo. As chamas atingiram fios de eletricidade e um poste de luz, além de placas de sinalização e janelas de edifícios próximos. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) bloqueou o trânsito na Ipiranga, sentido bairro-Centro, enquanto os bombeiros faziam os trabalhos de rescaldo.
Em nota, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) reforçou que vistorias sistemáticas são feitas mensalmente pela área de segurança do trabalho do DMLU. Segundo a pasta, os órgãos "seguem acompanhando a situação e aguardam o laudo a ser emitido pela Polícia Civil para verificar as providências a serem tomadas".
A Cootravipa, por sua vez, garantiu que pode carregar o combustível no veículo, uma vez que não se trata de um ônibus de linha, e que segue as normas para fazê-lo, dispondo todo o equipamento em um compartimento separado. A cooperativa reforça que "aguarda laudos da perícia e da seguradora" para tomar conhecimento das causas do incêndio.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia