Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 15 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 16/04/2018. Alterada em 15/04 às 19h46min

Ambiciosa, eu?

Alice Schuch
Ambição é uma providência da natureza que nos ajuda a visualizar o nosso projeto. Basta segui-lo e esquecer a ideia equivocada que você vai apenas passar pela existência sem vivê-la, aperfeiçoá-la, incrementá-la, deixar o seu legado. A ambição é uma busca, uma direção que cada um de nós possui dentro e, para realizá-la, além do potencial de natureza e da técnica, é fundamental a coragem de pagar o preço e criar algo que para nós é importante, realizar aquele sonho. É nossa ambição que dá forma ao nosso pensamento e aponta o sentido da conquista plena de autonomia, competência e prazer.
Nesse processo, a vontade é tão ou mais importante do que a inteligência, pois tantas vezes observamos que consegue maior resultado aquele que tem maior vontade, e não aquele que é o mais inteligente. Realizar a ambição para o empreendedor é consequencial, pois estas são pessoas que se preparam, aprendem modos e instrumentos para operar com superioridade e vencem porque sabem fazer.
Quando buscamos no dicionário o significado da palavra ambição, encontramos: desejar ardentemente, paixão pela glória e pela fortuna e como sinônimos pretensão, apetite por dinheiro ou por poder.
A ambição é parente próxima do protagonismo. Mas, segundo Clara Coria, não se qualifica como ambicioso aquela ou aquele que desejam ardentemente ter muitos filhos. Tampouco se qualifica como ambicioso, segundo a autora, alguém que se apaixona por escrever, porém sim quando por meio de seus escritos deseja elevar-se a um lugar mais relevante enquanto fama, prestígio, dinheiro e poder. A ambição de ser uma resposta qualificada no ambiente em que vive, criando alguma coisa útil e importante para si é uma característica do operador líder, daquelas pessoas que acham que podem mudar o mundo, e não raras vezes o fazem. Quando descobrir isso, você nunca mais será a mesma. "Se não existe a ambição, a inteligência é inútil", refere Antonio Meneghetti na obra Psicologia do Líder.
Escritora e pesquisadora do universo feminino
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia