Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Imprensa

16/04/2018 - 14h16min. Alterada em 16/04 às 14h39min

Jornalista Ricardo Vidarte morre após sofrer parada cardíaca

Vidarte atuava como comentarista esportivo do SBT e não resistiu após sofrer parada cardíaca

Vidarte atuava como comentarista esportivo do SBT e não resistiu após sofrer parada cardíaca


Facebook/Divulgação/JC/
O jornalista de esportes do SBT no Rio Grande do Sul Ricardo Vidarte morreu nesta segunda-feira (16), aos 58 anos, após sofrer um infarto. Vidarte, que estava na cobertura esportiva do canal desde 2007, trabalhava por volta das 9h30min em seu computador preparando o telejornal do dia quando sofreu uma parada cardíaca. Ele foi levado ao Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre, mas não resistiu e acabou falecendo.
Vidarte deixa um filho, Arthur, de 16 anos. O velório ocorrerá no Cemitério João XXIII, na capela 9, na avenida Natal, 60, bairro Medianeira, na Capital, a partir das 20h desta segunda. O sepultamento será nesta terça-feira (17), às 10h30min, no mesmo local. O SBT manifestou pesar pela morte do jornalista e prestou solidariedade aos familiares e amigos.
Vidarte nasceu em Porto Alegre e já atuava há 33 anos no Jornalismo. Teve passagem por diversos gaúchos até virar comentarista do SBT Esporte. Ele fez transmissões de futebol, coberturas da Libertadores, de mundiais de clubes e quatro copas do mundo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia