Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Investigação

16/04/2018 - 09h54min. Alterada em 16/04 às 09h54min

Polícia faz operação para prender acusados de tráfico no Rio

Agência Brasil
Cerca de 50 policiais civis do Rio de Janeiro buscam cumprir nesta segunda-feira (16) 19 mandados de prisão preventiva contra acusados de envolvimento com a venda de drogas, roubos e receptação de cargas roubadas na Baixada Fluminense. A Operação Carlton teve origem em investigações sobre a atuação da quadrilha que controla o comércio de drogas ilícitas e pratica roubos em várias regiões de Duque de Caxias.
Segundo a Polícia Civil, a quadrilha tem ligação com a facção criminosa que controla o tráfico de drogas na Vila Kennedy, comunidade da zona oeste do Rio, que está sendo alvo de operações das Forças Armadas desde fevereiro. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a base da quadrilha é a comunidade de Nova Campina, em Duque de Caxias, mas os criminosos também agem nas comunidades de Complexo do Gás, Ilha, Cantão, Sem Terra, Barro Branco e Jardim Paulista.
Dos 19 mandados de prisão preventiva, seis são contra acusados que já estão presos. Além disso, está sendo cumprido um número não informado de mandados de apreensão de adolescentes e de busca e apreensão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia