Pierre ressalta a importância da análise de dados para criar novidades Pierre ressalta a importância da análise de dados para criar novidades Foto: /LUIZA PRADO/JC

Entrega de felicidade é estratégia por trás do site Omelete, diz CEO

Pierre Mantovani conta como o mapeamento de leitores deu origem a produtos e serviços da empresa

Imagine que você está em meio à uma reunião chata que dura horas, aí pega o smartphone e lê que o seu herói favorito vai ganhar um novo filme. Ou chega o dia do evento que você vai poder usar a fantasia que passou o ano inteiro preparando. Ou, ainda, entra em casa depois de um dia cansativo de trabalho e se depara com uma caixa cheia de itens exclusivos dos seus personagens favoritos. É assim que Pierre Mantovani, 42 anos, descreve o conceito de delivery happiness (entrega de felicidade, na tradução livre) que norteia o Omelete Group, empresa na qual é CEO. A empresa dele proporciona as três situações descritas.
O empreendedor, que esteve em Porto Alegre a convite da Convention & Visitors, conta que todas operações da empresa surgiram a partir de demandas percebidas dos usuários do portal Omelete, plataforma de conteúdo com notícias, resenhas sobre séries, filmes e desenhos animados, criada nos anos 2000. Um dos produtos oriundos da observação do comportamento do público é o The Enemy, braço de conteúdo para games e e-sports (esportes on-line). Pierre afirma que, quando percebeu, esse tipo de conteúdo já demandava uma equipe de 20 pessoas.
"A área de games dentro do nosso primeiro site ficou tão grande que precisamos criar um específico", diz.A partir da análise dos dados de acesso, o Omelete lançou o Mundo Geek, um e-commerce de produtos relacionados aos personagens. "Na época, tínhamos mais de 6 milhões de acessos, hoje é o dobro. Qual shopping tem uma circulação mensal de 12 milhões de pessoas?", questiona o empreendedor, comparando o tráfego on-line de compradores potenciais.
LUIZA PRADO/JC
Para Pierre, conteúdo "de nerd para nerd" é o grande diferencial do site | Foto: Luiza Prado/JC
Para o empreendedor, a relação com os leitores do site é muito peculiar, devido ao alto índice de busca direta - dos 10 milhões de acessos mensais, 56% vêm de pesquisas específicas. "Nós temos muito cuidado com o que escrevemos, pois sabemos da relevância do nosso conteúdo para os fãs", expõe.
Pierre considera que ferramentas de ranqueamento da internet não constroem fãs, mas, sim, relacionamento. Para ele, por ser produzido "de nerd para nerd", o conteúdo do Omelete e seus demais serviços são muito assertivos.
"Focamos especificamente em experiências que mexam com o emocional das pessoas." Aí, nasceu o Omelete Box, clube de assinaturas que entrega produtos exclusivos mensalmente na casa dos mais de 10 mil assinantes.
LUIZA PRADO/JC
Todos os passos do Omelete são baseados em dados | Foto: Luiza Prado/JC
Nos eventos que produzem, como o Comic Con Experience (CCXP), em São Paulo, operam grandes marcas, como Disney Store e Lego Store, além de lojas próprias e bilheteria própria. O Comic Con Experience, promovido desde 2014, tem visitação média de 227 mil pessoas, nos quatro dias de evento. É considerada, inclusive, o maior evento da categoria no mundo, batendo Nova Iorque (190 mil) e San Diego (156 mil). E a Game Experience, realizada durante o Rock in Rio, chega a receber 361 mil pessoas. Devido ao sucesso, nesse ano, a atividade terá sua estreia solo, de 6 a 9 de setembro.
Todos os passos da empresa são baseados em dados. O CCXP, por exemplo, ganhou uma área de música a partir de uma pesquisa que apontou que 1/3 dos frequentadores tocavam algum instrumento. Outro levantamento apontou que 50% do público vinha de fora da grande São Paulo e, por isso, surgiu a operadora de turismo CCXP Quest.
"Customizamos hotéis, com decoração característica para o público", detalha Pierre. É necessário, sugere ele, atender o que dizem as informações de consumo dos usuários. "São os dados que nos fazem gerar as experiências", ensina.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio