Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 14 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

14/04/2018 - 18h32min. Alterada em 14/04 às 18h48min

Grêmio vence Cruzeiro na estreia no Brasileirão

Tricolor comemora a vitória fora de casa e na estreia no Brasileirão

Tricolor comemora a vitória fora de casa e na estreia no Brasileirão


Dudu Macedo/Lancepress/Divulgação/JC
Folhapress
Em jogo de favoritos à conquista do título brasileiro deste ano, o Grêmio venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na tarde deste sábado (14), no Mineirão. O atacante André, que voltou a jogar após 70 dias, fez o único gol da partida, válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. André não entrava em campo há mais de dois meses.
Ex-atleta do Sport, ele chegou ao Grêmio em 20 de fevereiro passado e, desde então, ficou apenas treinando com o restante do grupo, já que ainda não foi inscrito na Copa Libertadores e não chegou a tempo do Gaúcho. Em sua estreia pelo time de Porto Alegre, o dono da camisa 90 estufou a rede de Fábio aos 9min do segundo tempo. Ele aproveitou desvio de Everton em cruzamento de Ramiro pela direita e deu um carrinho para empurrar a bola para o fundo do gol.
Apesar de atuar fora de casa, o Grêmio teve muito mais posse de bola que o Cruzeiro. Com 61%, o time de Renato Gaúcho segurou e ditou o ritmo do jogo. Os gaúchos, no entanto, não transformaram o domínio em muitas oportunidades. Foram apenas seis chutes na direção do gol, três a menos que o adversário.
Já os cruzeirenses, sem inspiração no meio de campo, apostaram em bolas aéreas durante todo o confronto, mas não foram efetivos. A equipe celeste ainda ficou com um a mais em campo a partir dos 27min do segundo tempo, quando zagueiro o Kannemann foi expulso por entrada dura em Arrascaeta.
Cruzeiro 0 x 1 Grêmio
Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Mancuello) e Robinho (Rafael Marques); Thiago Neves, Arrascaeta e Rafael Sóbis (Sassá). Técnico: Mano Menezes.
Marcelo Grohe; Léo Moura, Paulo Miranda, Kannemann e Cortez; Maicon (Jaílson), Arthur, Ramiro, Cícero e Everton (Michel); André (Bressan). Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia