Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Cinema

Alterada em 12/04 às 14h23min

Godard e Spike Lee disputam a Palma de Ouro do Festival de Cannes

Lista de concorrentes foi divulgada nesta manhã; filme de Godard (ao fundo) tematiza post do evento

Lista de concorrentes foi divulgada nesta manhã; filme de Godard (ao fundo) tematiza post do evento


STEPHANE DE SAKUTIN/AFP/JC
Folhapress
Jean-Luc Godard será presença marcante na 71ª Festival de Cannes. Depois de ver uma cena com Jean-Paul Belmondo e Anna Karina, de seu O Demônio das Onze Horas (1965), eternizada no pôster oficial deste ano, o cultuado diretor foi selecionado para concorrer à Palma de Ouro com seu novo longa, Le Livre d'Imge.
Divulgada na manhã desta quinta-feira (12), a seleção que divulga o prêmio máximo do festival francês tem outros nomes de peso: o americano Spike Lee, com BlacKKKlansman, o iraniano Asghar Farhadi, com o longa rodado em espanhol Todos los Saben, protagonizado por Javier Bardem e Penélope Cruz (filme de abertura) e o também iraniano Jafar Panahi, com Three Faces.
Três diretoras concorrem ao prêmio principal: a francesa Eva Husson com Girls of the Sun, a libanesa Nadine Labaki com Capharnaüm e a italiana Alice Rohrwacher com Lazzaro Felice. "Em Cannes, nunca teremos uma seleção baseada em uma discriminação positiva em relação às mulheres", afirmou o diretor geral do festival, Thierry Frémaux. "Há uma diferença entre as mulheres cineastas e o movimento MeToo", completou. O festival deste ano é presidido pela atriz Cate Blanchett.
Frémaux também comentou sobre a participação de Panahi no evento já que o diretor é proibido de deixar o país. De acordo com ele, as autoridades iranianas vão receber uma carta do evento "para que autorizem Panahi a sair do território, apresentar seu trabalho e retornar a seu país."
O brasileiro Cacá Diegues ganhou uma homenagem do festival com a apresentação de O Grande Circo Místico (2016), em sessão especial. Diegues já concorreu a Palma de Ouro três vezes, com Bye Bye, Brasil (1980), Quilombo (1984) e Um Trem para as Estrelas (1987).
O Festival de Cannes acontece entre os dias 8 e 19 de maio.
>> Confira abaixo a lista com os 18 concorrentes a Palma de Ouro:
- Todos los Saben, de Asghar Farhadi (filme de abertura)
- Ash Is Purest White, de Jia Zhang-ke
- At War, de Stéphane Brizé
- BlacKKKlansman, de Spike Lee
- Capharnaüm, de Nadine Labaki
- Dogman, de Matteo Garrone
- Lazzaro Felice, de Alice Rohrwacher
- Le Livre d'Image, de Jean-Luc Godard
- Girls of the Sun, de Eva Husson
- Sorry Angel, de Christophe Honoré
- Three Faces, de Jafar Panahi
- Shoplifters, de Hirokazu Kore-eda
- Buh-Ning, de Lee Chang-dong
- Under the Silver Lake, de David Robert Mitchell
- Zimna Wojna, de Pavel Pawlikowiski
- Leto, de Kirill Serebrennikov
- Netemo Nametemo, de Ryusuke Hamaguchi
- Yomeddine, de A.B. Shawky
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia