Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Acontece

Notícia da edição impressa de 13/04/2018. Alterada em 12/04 às 19h50min

Cachorro Grande exibe seus clássicos ao vivo

Cachorro Grande faz show no Opinião

Cachorro Grande faz show no Opinião


MUTO/DIVULGAÇÃO/JC
Os gaúchos da Cachorro Grande comemoram seus 18 anos de estrada com o álbum inédito Clássicos, o primeiro ao vivo da carreira. O novo trabalho celebra os melhores momentos do grupo e será apresentado, com exclusividade, nesta sexta-feira, às 22h, no Opinião (José do Patrocínio, 834). Quem abre a noite é a banda General Bonimores. Os ingressos vão de R$ 35,00 a R$ 110,00.
Como o nome dá a entender, Clássicos é um disco composto por sucessos da Cachorro Grande, como Sinceramente, que conta com participação de Samuel Rosa; e Você não sabe o que perdeu, Debaixo do meu chapéu, Como era bom, Dia perfeito, Hey amigo, Deixa fudê, entre outros.
O repertório foi gravado em dois shows, realizados em junho de 2017, no Centro Cultural Rio Verde, em São Paulo. Formada em 1999, em Porto Alegre, a Cachorro Grande é atualmente composta por Beto Bruno (vocal), Marcelo Gross (guitarra), Gabriel Azambuja (bateria), Pedro Pelotas (teclados) e Rodolfo Krieger (baixo). 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia