Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 05/04/2018.
Alterada em 06/04 às 18h48min
COMENTAR | CORRIGIR

Prejuízo redimensionado

Rede social desativou a possibilidade de usuários colocarem o número de celular no perfil

Rede social desativou a possibilidade de usuários colocarem o número de celular no perfil


JOSH EDELSON/AFP/JC

O Facebook tem um novo (e bem maior) número oficial de usuários que tiveram os seus dados expostos inadequadamente pela empresa de análise de dados Cambridge Analytica: 87 milhões de pessoas, a maioria nos Estados Unidos. A estimativa inicial da companhia de tecnologia era de 50 milhões. Para tentar conter a onda de críticas, a rede social anunciou nove alterações para proteger as informações. "Estamos tornando nossos Termos e Política de dados mais claros, sem solicitar novos dados no Facebook", afirmam em nota a vice-presidente de Privacidade, Erin Egan, e a diretora Jurídica adjunta, Ashlie Beringer. A partir da próxima segunda-feira, os usuários poderão ver na parte superior do feed de notícias quais aplicativos usam e as informações que compartilharam. Além disso, o Facebook precisará aprovar todos os aplicativos que solicitarem acesso a informações, como curtidas, fotos, posts, vídeos, eventos e grupos. A rede social também desativou a possibilidade de usuários colocarem o número de celular no perfil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Patricia Knebel

Ecossistemas de inovação, tendências globais para os negócios, marketing digital, as tecnologias que são os pilares da transformação digital (como mobilidade, Internet das Coisas e Big Data) e todas as novidades que impactam o comportamento dos consumidores e o futuro das empresas e das cidades estão na coluna Mercado Digital. Estou feliz por você estar aqui.