Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Funcionalismo

Notícia da edição impressa de 02/03/2018. Alterada em 01/03 às 21h39min

Rio Grande do Sul inicia pagamento de PDVs de órgãos em processo de extinção

O governo do Estado iniciou, na quarta-feira, o pagamento aos servidores das fundações estaduais em processo de extinção e que aderiram ao Plano de Demissão Voluntária (PDV). 
Ao todo, 110 servidores aderiram ao plano, e o início do pagamento será no mês posterior ao desligamento do empregado, conforme disponibilidade de recursos no Tesouro estadual. O valor das indenizações refere-se ao salário do empregado no mês de outubro de 2017 e, a cada quatro anos de trabalho, é acrescido um salário. Esta semana, foi efetuado o pagamento de servidores de três fundações (Zoobotânica, Piratini - TVE e FM Cultura - e Metroplan), em um total de R$ 206 mil. Serão necessários cerca de R$ 20 milhões para custear o desligamento incentivado das unidades que estão em processo de extinção.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia