Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 04 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

tecnologia

04/03/2018 - 16h10min. Alterada em 04/03 às 16h12min

Siemens busca levantar US$ 5,7 bilhões em IPO da unidade de tecnologia médica

Siemens diz que oferta de ações é primeiro passo para permitir que a empresa faça aquisições

Siemens diz que oferta de ações é primeiro passo para permitir que a empresa faça aquisições


OLIVER LANG/AFP PHOTO/JC
A Siemens disse neste domingo que oferecerá cerca de 15% da Siemens Healthineers em uma oferta pública inicial de ações que pode chegar até US$ 5,7 bilhões. A oferta, que foi anunciada pela primeira vez em 2016, faz parte dos esforços do CEO da Siemens, Joe Kaeser, de simplificar o conglomerado e obter financiamento para expansão. A unidade de tecnologia médica, que há décadas inventou a máquina de raio-X, está buscando fortalecer a sua atuação em equipamentos de imagem e investir em novas áreas que prometem crescimento mais rápido, como diagnósticos moleculares.
A Siemens disse que a oferta de ações do seu negócio de saúde é um primeiro passo essencial para permitir que a empresa faça aquisições, especialmente nos Estados Unidos, de startups que estão desenvolvendo novas tecnologias e serviços de saúde e diagnóstico.
A Siemens começará a receber ofertas pelas ações da Healthineers no processo de bookbuilding de 6 a 15 de março. A empresa estabeleceu o preço-alvo das ações em uma faixa de 26 a 31 euros (US$ 32 a US$ 38) por ação ordinária em uma oferta de 150 milhões de papeis, cerca de 15% das ações ordinárias da companhia.
O negócio de cuidados de saúde é uma das divisões mais lucrativas da Siemens. No ano fiscal encerrado em 30 de setembro, a Healthineers registrou US$ 2,5 bilhões de lucro antes de impostos e uma receita de 13,8 bilhões de euros. A Healthineers representou 17% da receita da Siemens e 30% dos lucros da empresa.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia