Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Governo Federal

Alterada em 11/02 às 21h22min

Temer se reunirá com governadora de Roraima para tratar da imigração venezuelana

Agência Brasil
O presidente Michel Temer vai se reunir amanhã (12) com a governadora de Roraima, Suely Campos, na sede do Executivo estadual, para tratar da situação do estado com a imigração de venezuelanos. Segundo o Palácio do Planalto, Temer deve ser acompanhado pelos ministros da Defesa, Raul Jungmann, do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, da Justiça, Torquato Jardim, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.
A prefeitura de Boa Vista estima que cerca de 40 mil venezuelanos se estabeleceram na cidade após fugir da crise econômica e política que o país vizinho atravessa.
De acordo com o Planalto, após a visita o presidente voltará para a base naval da Restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro, onde passa o carnaval com a família.
Na sexta-feira (9), Temer disse que a posição do Brasil é uma atuação "diplomática, responsável e contestadora" em relação ao que está ocorrendo no país vizinho e que o Brasil busca uma ajuda humanitária aos venezuelanos que atravessam a fronteira.
Em visita a Boa Vista na semana passada, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, anunciou um projeto-piloto para absorver mão de obra de venezuelanos que têm chegado ao país pela fronteira com Roraima.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia