Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Vídeos JC

COMENTAR

Entrevista especial


Nova presidente da Ajuris defende a concessão do auxílio-moradia para juízes

Publicado em 11/02/2018 - 19h10min.

A nova presidente da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), Vera Deboni, defendeu em depoimento ao Jornal do Comércio, a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), de estender o benefício do auxílio-moradia para juízes de todos os níveis. O tema, que vem provocando muita polêmica na mídia, voltará em março a pauta do STF. "Respeitaremos obviamente a decisão, esperando que o STF compreenda que estamos passando por uma dificuldade muito grave da recomposição dos subsídios da magistratura e que, havendo uma decisão daquele colegiado de que os juízes não devam mais receber o auxílio-moradia, tome providencias imediatas para que possamos ter, além da recomposição do período inflacionário que está descoberto e também a valorização da carreira", afirmou a magistrada. A íntegra da entrevista você lê no Jornal do Comércio desta segunda-feira.
Esta seção tem o apoio do
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
maria 12/02/2018 16h31min
Judiciário brasileiro é 3,5 vezes mais caro que o alemão. Brasileiros pagam por um dos sistemas judiciários mais caros do mundo