Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Reino Unido

12/02/2018 - 13h15min. Alterada em 12/02 às 13h17min

Aeroporto em Londres fecha após descoberta de bomba da 2ª Guerra

Aeroporto é o menor da cidade, e fica na região das docas, ao lado do rio Tâmisa

Aeroporto é o menor da cidade, e fica na região das docas, ao lado do rio Tâmisa


Daniel LEAL-OLIVAS/AFP/Arquivo/JC
Todos os voos que chegam ou saem do aeroporto Cidade de Londres foram cancelados nesta segunda-feira, após uma bomba de 500 quilos não detonada reminiscente da Segunda Guerra Mundial ser encontrada próximo ao rio Tâmisa.
A polícia metropolitana esvaziou toda a área a 200 metros da bomba, incluindo diversas ruas residenciais. Os oficiais trabalharam com especialistas da Marinha Real para remover o artefato.
Segundo a polícia, a bomba foi descoberta no domingo na doca George V durante uma rotina de manutenção da área; Seu casco teria 1,5 metro de comprimento.
"A primeira parte da operação de remoção é tirá-la do limo", disse a policia em um comunicado.
O aeroporto Cidade de Londres é o menor dos aeroportos internacionais da capital britânica. No ano passado, ele recebeu 4,5 milhões de passageiros. Popular entre a classe executiva, o aeroporto está localizado na região das docas ao leste da cidade, uma área fortemente bombardeada durante a Segunda Guerra.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia