Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Vídeos JC

COMENTAR

Marketing


Marcas apostam em temas político-culturais para se aproximar de clientes

Publicado em .

Nos Estados Unidos, é cada vez mais corriqueiro ver ícones do varejo e serviços conectarem seus valores a temas sociais e políticos, terreno mais espinhoso. A Lululemon, líder em roupas de ginástica e ioga, aderiu à causa da marcha das mulheres. No Brasil, algumas como Reserva e Havan se aproveitam com mais ironia. Especialistas dizem que tudo depende de como as marcas fazem a conexão com os consumidores. Confira a matéria completa.
Esta seção tem o apoio do
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia