Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Liga dos Campeões

13/02/2018 - 20h52min. Alterada em 13/02 às 21h03min

City massacra o Basel, faz 4 a 0 na ida e encaminha vaga na Liga dos Campeões

Manchester (de azul) comandado por Pep Guardiola pode jogar até por derrota de três gols

Manchester (de azul) comandado por Pep Guardiola pode jogar até por derrota de três gols


SEBASTIEN BOZON/AFP/JC
Dominante como sempre foi nesta temporada inteira - seja em qual campeonato for -, o Manchester City massacrou o Basel nesta terça-feira (13), no estádio St. Jakob-Park, na cidade da Basileia, na Suíça, pela rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Marcou os seus gols na hora que quis e aplicou uma goleada por 4 a 0, que deixou bem encaminhada a vaga às quartas de final da competição.
No dia 7 de março, desta vez no Etihad Stadium, em Manchester, o time comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola terá o luxo de jogar até por uma derrota de três gols de diferença para se classificar. Será uma missão das quase impossíveis para o Basel, tamanha a diferença técnica entre as duas equipes mostrada nesta terça-feira.
A goleada na Suíça começou a ser construída logo nos primeiros minutos da partida. Que se tornaram um pesadelo para os jogadores do Basel por causa do volume de jogo imposto pelo Manchester City. Com 25 minutos, o duelo já estava 3 a 0 a favor dos ingleses, que não era importunados pelos suíços.
Aos 14 minutos, o turco Gundogan abriu a contagem após cobrança de escanteio pela esquerda do meia belga Kevin De Bruyne. Quatro minutos depois, foi a vez de o português Bernardo Silva aumentar o marcador em um chute de canhota no ângulo direito do goleiro Vaclík. Por fim, aos 25, o volante brasileiro Fernandinho avançou com a bola desde o meio de campo e foi desarmado quase dentro da área, mas a bola sobrou para o argentino Sergio Agüero, que chutou rasteiro no canto direito da meta do Basel.
Só no primeiro tempo, o Manchester City chegou a ter 73% da posse de bola. A estatística continuou na segunda etapa, quando o time inglês resolver diminuir um pouco o ímpeto ofensivo. Isso permitiu ao Basel um pouco mais de espaço para algumas jogadas ofensivas, mas nada que desse muito trabalho ao goleiro brasileiro Ederson. O quarto gol saiu logo, aos oito minutos, novamente com Gundogan, após assistência de Sergio Agüero. E parou por aí.
Antes do duelo da volta, o Manchester City terá compromissos por competições nacionais. O próximo será pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra contra o Wigan Athletic, na próxima segunda-feira, como visitante.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia