Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

Olimpíadas de Inverno

Alterada em 12/02 às 14h39min

Holandesa conquista décima medalha olímpica e bate recorde na patinação

Com o ouro de Ireen Wust, Holanda agora ocupa o segundo lugar no quadro geral de medalhas

Com o ouro de Ireen Wust, Holanda agora ocupa o segundo lugar no quadro geral de medalhas


ROBERTO SCHMIDT/AFP/JC
A holandesa Ireen Wust venceu nesta segunda-feira (12) a patinação de velocidade, na prova feminina dos 1.500m, nos Jogos de Pyeongchang, e alcançou sua décima medalha olímpica, a quinta de ouro. A prata ficou com a japonesa Miho Takagi e o bronze com a holandesa Marrit Leenstra.
Wust completou a prova em 1min54s35, 20 segundos à frente da japonesa. O primeiro lugar no pódio a colocou como principal medalhista da patinação. Ela superou o recorde da alemã Claudia Pechstein, que tem nove pódios no total.
Seu resultado colocou a Holanda em segundo lugar no quadro de medalhas dos Jogos de Pyeongchang, com três ouros, duas pratas e dois bronzes, atrás apenas da Alemanha, que tem quatro ouros, uma prata e um bronze.
A Noruega aparece em terceiro lugar, com dois ouros. Um deles foi conquistado nesta segunda-feira, na prova feminina de descida individual do salto em esqui. Maren Lundby foi quem conseguiu voar mais longe ao atingir a distância de 110m e chegar aos 264,5 pontos no total. A alemã Katharina Althaus ficou com a prata e a japonesa Sara Takanashi terminou com o bronze.
O quarto lugar no quadro de medalhas é do Canadá, que nesta segunda-feira alcançou a segunda medalha de ouro com Mikael Kingsbury, na prova de moguls do esqui estilo livre. O austríaco Matt Graham terminou em segundo lugar, seguido pelo japonês Daichi Hara.
Além do mesmo número de ouros, o Canadá também está empatado com a Noruega nas conquistas da prata: quatro no total. O país escandinavo só está na frente no ranking geral porque tem dois bronzes a mais: 3 a 1.
Os Estados Unidos aparecem em quinto lugar, com dois ouros, uma prata e um bronze e a França está em sexto. Nesta segunda-feira, o francês Martin Fourcade conquistou seu bicampeonato olímpico nos 12,5km do biatlon de perseguição. O sueco Sebastian Samuelson ficou com a prata e o alemão Benedikt Doll terminou com o bronze.
Nesta segunda-feira também foi definida a decisão do curling. Nas semifinais, o Canadá venceu a Noruega por 8 a 4 e a Suíça passou pela Rússia pelo placar de 7 a 5. A medalha de ouro será disputada nesta terça-feira.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia