Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

Olimpíadas de Inverno

Alterada em 11/02 às 17h09min

Alemanha leva ouro no biatlo e lidera quadro de medalhas dos Jogos de Inverno

Alemão Arnd Peiffer faturou a medalha de ouro no biatlo

Alemão Arnd Peiffer faturou a medalha de ouro no biatlo


FRANCK FIFE/AFP/JC
Além da prova na qual o garoto norte-americano Redmond Gerard fez história ao levar o ouro no snowboard slopestyle e surpreendeu ao triunfar com apenas 17 anos de idade, os Jogos de Inverno de Pyeongchang contou com a disputa de outras cinco finais neste domingo (11)  na Coreia do Sul.
Em uma delas, Arnd Peiffer faturou o ouro na prova do biatlo de 10km de velocidade e feito assegurou à Alemanha fechar o dia no topo do quadro de medalhas desta Olimpíada gelada. A nação acumula três ouros e um bronze.
O checo Michal Krcmar e o italiano Dominik Windisch conquistaram respectivamente a prata e o bronze nesta prova vencida por Peiffer.
Já na segunda posição do quadro de medalhas na Coreia do Sul está a Holanda, que se garantiu neste posto graças ao ouro obtido por Sven Kramer na prova do speedskating de 5.000 metros, na qual o canadense Ted-Jan Bloemen levou a prata e o norueguês Sverre Lunde Pedersen obteve o bronze.
Os holandeses agora contabilizam dois ouros, duas pratas e um bronze e estão logo à frente da Noruega, que ganhou um total de quatro medalhas neste domingo. E três delas vieram na final do esqui cross-country skiathlon, no qual ocupou todos os degraus do pódio. Simen Hegstad Krueger ficou no primeiro, Marting Johnsrud Sundby no segundo e Hans Christer Holund no terceiro.
Krueger, por sinal, obteve o primeiro ouro da Noruega nesta Olimpíada, na qual o seu país é o que ganhou maior número de pódios até agora. São oito ao total, sendo que a nação também acumula ainda quatro pratas e três bronzes.
Na quarta posição no quadro de medalhas, os Estados Unidos têm apenas dois pódios, com um ouro e uma prata, e está logo à frente da Áustria, que também faturou sua primeira medalha dourada neste domingo com a vitória de David Gleirscher na prova do luge.
Já a única final feminina do dia foi vencida pela francesa Perrine Laffont na prova do esqui estilo livre. O ouro fez o seu país ficar empatado com a anfitriã Coreia do Sul e com a Suécia no sexto lugar no quadro de medalhas. Os três países acumulam somente um pódio até aqui em Pyeongchang.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia