Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 13/02 às 17h29min

Ouro fecha em alta com investidores de olho nos dados de inflação dos EUA

Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta terça-feira (13) após passarem a maior parte da sessão oscilando próximos da estabilidade. Investidores negociam com cautela o metal dourado antes da divulgação de dados de inflação nos Estados Unidos, prevista para os próximos dois dias.
Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato para abril fechou com valorização de 0,30%, a US$ 1.330,40 por onça-troy.
Desde o pico de agosto de 2016, os preços do ouro têm recuado em meio à expectativa de alta de juros em países como os Estados Unidos. O metal compete com os Treasuries pelo título de destino mais seguro, mas, ao contrário deste, não rende juros e perde atratividade em ambientes de inflação mais elevada.
Analistas esperam os dados do índice de preços ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) dos Estados Unidos, que serão divulgados, respectivamente, na quarta e na quinta-feira, antes de indicar os rumos do ouro. "O que está para acontecer com os Treasuries e os juros neste momento sugere que os mercados estão entrando em um novo regime", afirmou Joe Foster, gerente de um fundo da VanEck Associates. Fonte: Dow Jones Newswires
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia