Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

seguros

Notícia da edição impressa de 14/02/2018. Alterada em 13/02 às 21h55min

Modalidade D&O garante cobertura total dos prejuízos

O volume de seguradoras que atuam no segmento de seguro responsabilidade civil voltado a proteger o patrimônio de altos executivos (D&O - Directors and Officers Liability Insurance) deve impulsionar esse mercado. Atualmente, quase 20 seguradoras, ao todo, oferecem este tipo de produto no Brasil. "É um mercado bem concorrido, pois muitas empresas oferecem preços baixos, e o seguro de D&O não tem franquia, garante cobertura total dos prejuízos", avalia o superintendente de linhas financeiras da BR Insurance, Fernando Cirelli.
Ele destaca que atualmente no País a modalidade tem uma quantidade "considerável" de ocorrências - principalmente em investigações relacionadas à Operação Lava Jato - e procedimentos de órgãos reguladores, neste caso principalmente entre empresas de capital aberto. "Para as de capital fechado, a maior quantidade de reclamações é quanto a aspectos tributários e de meio ambiente", explica.
A superintendente executiva de Produtos Massificados e Especiais do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, Patrícia Siequeroli, comenta que o seguro responsabilidade civil é bastante demandado por profissionais como médicos e dentistas. "Atualmente, estamos estudando ampliar a oferta para outros profissionais da área da saúde", adianta Patrícia. No caso da Marpfre, as coberturas (para ações movidas por pacientes) podem variar de R$ 50 mil a R$ 600 mil, incluindo custos de internação, despesas de acordo judicial, condenação judicial, danos a terceiros, e todo o suporte advocatício.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia