Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 12/02 às 15h59min

Bolsas da Europa fecham em alta e recuperam parte das perdas da semana passada

As bolsas europeias fecharam em alta nesta segunda-feira (12), beneficiadas por um movimento generalizado de recuperação dos índices acionários globais capitaneado pelos Estados Unidos. Após acumular queda de 5,02% na semana passada, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 1,30%, aos 373,39 pontos.
Embora ainda não tenham se recuperado completamente do tombo da semana passada, as ações tiveram ganhos expressivos neste início de semana, capitaneados pelo setor de matérias primas, como petróleo e metais industriais.
Investidores discutem no momento se o vaivém dos índices nas últimas semanas refletem apenas uma correção técnica ou um movimento mais profundo de reenquadramento do ambiente para o mercado financeiro global.
"Acredito que este seja um expurgo saudável de um sentimento de otimismo exagerado", afirmou James Norman , diretor de estratégia de renda variável do QS Investors. Ainda assim, caso a inflação acelere, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) necessitará aumentar a velocidade do aperto monetário, o que pode prejudicar a atratividade das empresas que se endividaram bastante no período, acrescentou.
Em Londres, o índice FTSE-100 encerrou em alta de 1,19%, aos 7.177,06 pontos, beneficiado pelas empresas de commodities como a Anglo American e a Rio Tinto, cujas ações se valorizaram, respectivamente, 2,87% e 2,82%. Em Paris, o índice CAC-40 subiu 1,20%, aos 5.140,06 pontos.
O índice DAX da bolsa de Frankfurt avançou 1,45%, aos 12.282,77 pontos. Já o FTSE-Mib da bolsa de Milão teve ganho de 0,77%, aos 22.336,78 pontos. O Ibex-35 da bolsa de Madri registrou alta de 1,36%, aos 9.771,10 pontos. Já o PSI-20 subiu 1,48%, aos 5.373,37 pontos. 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia