Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 09/02/2018. Alterada em 08/02 às 22h19min

A Selic e a Previdência

Luiz Guimarães, interino
Depois de reduzir a taxa Selic de 7% para 6,75% ao ano, na quarta-feira, o Banco Central indicou o fim do ciclo de cortes, mas deixou uma brecha para a retomada na próxima reunião. Na nota divulgada logo após o anúncio, o Comitê de Política Monetária (Copom) pondera que a visão pode de se alterar e "levar a uma flexibilização monetária moderada adicional, caso haja mudanças na evolução do cenário básico e do balanço de riscos". Na prática, segundo interpretação de agentes de mercado, o Copom quis dizer que, se o presidente Michel Temer tiver êxito na votação da reforma da Previdência, o clima econômico deve favorecer à adoção de um novo corte na reunião dos dias 20 e 21 de março.
Sicredi RS encerra 2017 em alta
O Sicredi fechou o exercício de 2017 no Rio Grande do Sul com resultado positivo, somando ativos totais administrados acima de R$ 36,37 bilhões, representando 16,02% de crescimento sobre igual período de 2016. O acumulado do ano somou mais de R$ 998,8 milhões no Estado, tendo crescido 13,94% sobre o ano passado. O valor será apreciado pelos associados durante o Ciclo Assemblear, que acontece de fevereiro a abril de 2018, nas 39 cooperativas filiadas no Rio Grande do Sul. O patrimônio líquido superou os R$ 5,51 bilhões, representando uma evolução de 17,70% sobre o ano passado. Os depósitos totais cresceram 10,72%, somando mais de R$ 15,54 bilhões. Na poupança, a evolução de 34,54% foi ainda mais significativa, somando mais de R$ 4,81 bilhões em carteira. Já nas operações de crédito total, o avanço foi de 15,94%, totalizando mais de R$ 17,11 bilhões.
Tampinha bem legal
Em pouco mais de 90 dias de parceria entre a Trensurb e o projeto Tampinha Legal, já foram coletadas cerca de duas toneladas de material reciclável nas dependências da empresa. Os pontos de coleta estão espalhados pelas 22 estações do metrô, além da estação do aeromóvel junto ao aeroporto Salgado Filho. O projeto busca proporcionar a destinação adequada das tampas plásticas, além de gerar renda para entidades assistenciais. A Trensurb foi a primeira operadora de metrô do Brasil a aderir ao projeto Tampinha Legal.
Produtos para foliões
Pesquisa realizada pelo Sindilojas Porto Alegre aponta a expectativa de vendas, neste ano, de produtos relacionados ao Carnaval. Mais de 81% dos lojistas de bazar e festas informaram que os preços seguirão os mesmos. Apesar disso, apenas 19% dos lojistas entrevistados acreditam que as vendas para a data irão aumentar. Os lojistas ainda indicaram que a previsão de gasto médio por consumidor é de R$ 45,00, com a maior parte das vendas (76%) ocorrendo durante esta semana. Os produtos mais vendidos serão spray de espuma, colar havaiano, serpentina, confete e máscaras.
Três Coroas Shoes na 40 Graus
Nove empresas gaúchas estarão na 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios pelo projeto Três Coroas Shoes: Werner, Kilana, Valentina, W Designer, Varietá, Cia Perfeita, Vanitá, Infinitus e Eléia. O projeto é desenvolvido pelo Sindicato das Indústrias de Calçados de Três Coroas com o objetivo de viabilizar a participação de indústrias locais no evento realizado em Natal/RN. Nesta edição, a 40 Graus será realizada de 5 a 7 de março no Centro de Convenções da cidade.
Relações sindicais e do trabalho
As novas normas trabalhistas, seus aspectos jurídicos e impactos das mudanças para empresas e a sociedade voltam à mesa de debate no Rio Grande do Sul. Os diversos pontos desse novo cenário do mercado de trabalho serão tratados no 3º Congresso Estadual de Relações Sindicais e do Trabalho, que acontece de 22 a 24 de março, em Torres. A abertura do encontro será feita pelo presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, no dia 22, às 19h.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia