Porto Alegre, quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
35°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,2790 3,2810 0,12%
Turismo/SP 3,2100 3,4200 0,29%
Paralelo/SP 3,2100 3,4200 0,29%
mais indicadores
| Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Cultura | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Notícia da edição impressa de 09/02/2018. Alterada em 08/02 às 23h09min

Pesquisa avança rumo ao reator nuclear limpo

Parceria entre a Universidade de São Paulo e a Universidade de Princeton (Estados Unidos) vem contribuindo para as pesquisas na criação de protótipos de reatores que poderão produzir energia praticamente inesgotável, a partir da fusão nuclear.
Entre as possibilidades, está a construção de usinas que forneçam energia suficientemente limpa, a ponto de diminuir a emissão de gases tóxicos e evitar acúmulo de dejetos radioativos. E a tese de doutorado de Vinícius Njaim Duarte trouxe entendimento sobre o comportamento de ondas que afetam a continuidade de reações de fusão, prejudicando a produção de energia.
O estudo teve supervisão dos pesquisadores Ricardo Galvão e Nikolai Gorelenkov dos Laboratórios de Física de Plasmas, do Instituto de Física da USP e da Princeton, respectivamente. Um artigo de autoria de Duarte, junto a outros colaboradores, condensou as descobertas e foi publicado na revista Physics of Plasmas.
A repercussão foi tanta, que um laboratório que opera a maior máquina dedicada a estudos sobre fusão magnética dos Estados Unidos fez experimentos com o fim de testar as predições do modelo de Duarte, por meio do uso de uma máquina conhecida como tokamak. Trata-se de um protótipo de reator de fusão nuclear, dentro do qual se confina, em uma câmara de vácuo, um gás composto de isótopos de hidrogênio, sob a forma de plasma (quando se aquece um gás neutro a temperatura muito elevada, obtendo íons e elétrons).
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Semente de soja é nova opção para combater à aids
Pesquisa começa fase de testes contra tumores
Transplante salva crianças da morte por hepatite
Nanocelulose tem potencial para novos materiais

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo