Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 12/01/2018. Alterada em 11/01 às 22h00min

A importância do empresário contábil

Diogo Chamun
A atuação do profissional contábil, que já foi chamado de "Guarda Livros" e teve na essência da sua rotina o mero atendimento das obrigações fiscais, hoje vem ganhando cada vez mais espaço na gestão das empresas e, por consequência, tem seu trabalho mais reconhecido e valorizado. Porém, pouco se fala que a quase totalidade desses profissionais prestadores de serviços está estruturada como empresa, ou seja, são empresários contábeis.
Hoje são cerca de 63 mil empresas contábeis em todo o Brasil, sendo mais de quatro mil aqui no Rio Grande do Sul. O reconhecimento dessa data foi instituído em março de 2011, por meio da Lei nº 12.387, aprovada com o apoio do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), também empresário da Contabilidade e autor do projeto que deu origem à lei. Tanto o contador, que é o bacharel em Ciências Contábeis, como o técnico contábil já têm seu reconhecimento com datas comemorativas, respectivamente 22 de setembro e dia 25 de abril. Mas, hoje é o dia do empresário contábil e quero enaltecer o seu desafio. Assim como as mulheres, que muitas vezes têm jornada dupla, trabalhando fora e administrando família e lar, o empresário contábil também precisa executar duas funções. É ele quem presta assessoria como técnico nas diversas áreas de atuação (contábil, tributária, fiscal, trabalhista, previdenciária, societária etc...) e planeja o seu negócio, com os objetivos e dificuldades dos demais empresários. Assim como qualquer empreendedor, entendo que esse profissional tem dois grandes desafios atualmente: explorar a tecnologia, que avança a passos largos na otimização dos processos e gestão de pessoas, já que o gestor deve saber montar e gerenciar sua equipe, a partir do perfil comportamental de cada colaborador. Ambos têm papel fundamental na busca por melhores processos, que é o caminho para maior produtividade e qualidade.
Ressalto a importância desse empresário, que além de toda sua atribuição técnica, empreende, gera empregos e renda deixando uma expressiva contribuição para a sociedade.
Presidente do Sescon-RS
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
A importância do empresário contábil - Jornal do Comércio
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 12/01/2018. Alterada em 11/01 às 22h00min

A importância do empresário contábil

Diogo Chamun
A atuação do profissional contábil, que já foi chamado de "Guarda Livros" e teve na essência da sua rotina o mero atendimento das obrigações fiscais, hoje vem ganhando cada vez mais espaço na gestão das empresas e, por consequência, tem seu trabalho mais reconhecido e valorizado. Porém, pouco se fala que a quase totalidade desses profissionais prestadores de serviços está estruturada como empresa, ou seja, são empresários contábeis.
Hoje são cerca de 63 mil empresas contábeis em todo o Brasil, sendo mais de quatro mil aqui no Rio Grande do Sul. O reconhecimento dessa data foi instituído em março de 2011, por meio da Lei nº 12.387, aprovada com o apoio do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), também empresário da Contabilidade e autor do projeto que deu origem à lei. Tanto o contador, que é o bacharel em Ciências Contábeis, como o técnico contábil já têm seu reconhecimento com datas comemorativas, respectivamente 22 de setembro e dia 25 de abril. Mas, hoje é o dia do empresário contábil e quero enaltecer o seu desafio. Assim como as mulheres, que muitas vezes têm jornada dupla, trabalhando fora e administrando família e lar, o empresário contábil também precisa executar duas funções. É ele quem presta assessoria como técnico nas diversas áreas de atuação (contábil, tributária, fiscal, trabalhista, previdenciária, societária etc...) e planeja o seu negócio, com os objetivos e dificuldades dos demais empresários. Assim como qualquer empreendedor, entendo que esse profissional tem dois grandes desafios atualmente: explorar a tecnologia, que avança a passos largos na otimização dos processos e gestão de pessoas, já que o gestor deve saber montar e gerenciar sua equipe, a partir do perfil comportamental de cada colaborador. Ambos têm papel fundamental na busca por melhores processos, que é o caminho para maior produtividade e qualidade.
Ressalto a importância desse empresário, que além de toda sua atribuição técnica, empreende, gera empregos e renda deixando uma expressiva contribuição para a sociedade.
Presidente do Sescon-RS
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia