Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 08/01 às 20h23min

Incêndio deixa 3 feridos na Trump Tower em Nova York

O edifício não precisou ser evacuado

O edifício não precisou ser evacuado


Drew Angerer/Getty Images/AFP/JC
Agência Brasil
Pelo menos duas pessoas sofreram ferimentos leves durante um incêndio ocorrido na Trump Tower em Nova York, o edifício de propriedade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou nesta segunda-feira (8) o Departamento de Bombeiros da cidade. As informações são da EFE.
Os bombeiros receberam um aviso de incêndio às 7h locais (9h em Brasília) no edifício do presidente situado na 5ª Avenida, em Manhattan.
Segundo as autoridades, os feridos são um bombeiro e dois civil, e o fogo já foi controlado. O bombeiro sofreu lesões leves ao ser atingido por escombros que caíram e o civil, um engenheiro, acabou inalando fumaça, mas não precisou ser atendido pelos serviços médicos, informaram fontes oficiais.
"Houve um pequeno incêndio causado por uma pane elétrica na torre de refrigeração no terraço da Trump Tower. O Departamento de Bombeiros de Nova York chegou aqui em minutos e seus homens fizeram um trabalho incrível", assegurou Eric Trump, um dos filhos do presidente, em seu perfil no Twitter.
O edifício não chegou a ser esvaziado. Muitos funcionários e integrantes da família Trump vivem na Trump Tower, que também abriga vários escritórios, alguns deles do grupo empresarial do presidente americano, que agora é administrado por seus filhos.
A fumaça e as chamas foram detectadas pelo serviço secreto, que monitora e faz a segurança do edifício, informou aos jornalistas um dos chefes dos bombeiros da cidade, Roger Sakowich.
O presidente Trump está na Casa Branca e em sua agenda diária está prevista uma viagem nesta tarde para Nashville (Tennessee), onde fará um discurso na Convenção Anual da Federação de Agricultores dos EUA e, posteriormente, à cidade de Marietta, na Geórgia, para assistir à partida final da temporada universitária de futebol americano.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia