Porto Alegre, sexta-feira, 05 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Fujimori deixa clínica após receber indulto humanitário no Peru

Levado em uma cadeira de rodas, o ex-presidente Alberto Fujimori deixou a clínica em que estava internado, após ter recebido um indulto humanitário do presidente Pedro Pablo Kuczynski na véspera do Natal. A medida gerou e continua a gerar onda de protestos em todo o Peru. Fujimori, de 79 anos, estava acompanhado de seu filho menor, o legislador Kenji. O ex-presidente foi condenado, em 2009, a 25 anos de prisão pelo assassinato de 25 peruanos realizado por um esquadrão militar clandestino, que atuava sob seu conhecimento, segundo os juízes. Um grupo de especialistas da Organização das Nações Unidas considerou a libertação um "tapa na cara" das vítimas. Ele também tinha outras três penas por corrupção. Kuczynski concedeu o indulto três dias após uma facção do partido fujimorista, que domina o Parlamento, recuar da tentativa de destituí-lo do cargo. O grupo que salvou o atual presidente é encabeçado por Kenji Fujimori. Com isso, a saída do ex-presidente da prisão foi vista como uma "troca de favores".
 

FOTO LUKA GONZALES/AFP/JC
05/01/2018 - 11h19min