Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

Notícia da edição impressa de 12/01/2018. Alterada em 11/01 às 22h44min

Largo dos Açorianos deve ser concluído dentro do prazo

Espelho d'água onde fica Ponte de Pedra receberá estrutura de concreto

Espelho d'água onde fica Ponte de Pedra receberá estrutura de concreto


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Igor Natusch
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams) vê com otimismo o avanço das obras de urbanização do Largo dos Açorianos, no Centro Histórico de Porto Alegre. Segundo o órgão, as intervenções estão avançando no ritmo previsto e a entrega da revitalização ocorrerá ainda no mês de fevereiro, dentro do prazo dado pela pasta na metade do ano passado.
No momento, a obra está em fase de concretagem do espelho d'água, dividido em duas partes. Etapas anteriores, como a limpeza e a retirada de material orgânico e o reforço do solo com pedras e geogrelhas, já foram concluídas, e, recentemente, foi finalizada a preparação da base de um dos espelhos, em frente ao Largo Zumbi dos Palmares, com emprego de britas e concreto magro. No mesmo local, tratado no projeto como espelho 2, estão sendo trabalhadas as formas e as armaduras das bordas e paredes. Em paralelo, o espelho 1, onde está localizada a Ponte de Pedra, começou a receber o estaqueamento da estrutura pré-moldada de concreto, que aguarda instalação em um depósito da prefeitura.
A divisão do espelho d'água é necessária pelas especificidades da área onde o Largo dos Açorianos está localizado. O projeto prevê o rebaixamento de parte do leito do lago, de forma de recuperar o caráter original da Ponte de Pedra, que teve parte da alvenaria submersa com o passar do tempo. Não é possível, porém, fazer o mesmo na parte mais próxima ao Largo Zumbi dos Palmares, devido à quantidade de fios e encanamentos instalados sob o solo. Assim, será necessário manter dois níveis distintos no espelho, o que demanda a instalação de bombas hidráulicas, que funcionarão em tempo integral.
Depois da conclusão desse processo, ficará faltando a instalação de redes hidráulica e elétrica, bem como a colocação de arquibancadas, esplanadas, bancos e passeio público. A última etapa é o plantio da vegetação, que deve ser realizado poucos dias antes da entrega definitiva do espaço. O custo total da obra é de R$ 4,6 milhões, oriundos do Fundo Pró-Defesa do Meio Ambiente de Porto Alegre.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Sérgio Milani 12/01/2018 15h27min
Espero que, após a conclusão dos serviços e entrega do local, os pichadores não façam suas sujeiras na ponte.
Jeferson Luiz Pereira 12/01/2018 12h30min
Ótima notícia. Tem de manter isso aí, viu. Caprichar no paisagismo e manutenção constante.